Notícias de Última Hora :

Atleta olímpico participa de jogo de fuga em Cuiabá

Dia do fonoaudiólogo: entenda a importância desse profissional no ambiente hospitalar

Profissionalismo e dedicação marcam 20 anos de profissão da fonoaudióloga Samia Ribeiro

Chapa 2 Integração protocola pedido para que profissionais da contabilidade tenham férias fiscais em MT

Adrenalina, desafios e diversão te esperam no Halloween da Escape60, em Cuiabá

Encontro automobilístico “Esperienza” supermáquinas entra para o calendário de eventos em Mato Grosso

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

sexta-feira, 28 de janeiro de 2022

Projeto Biogás chega às escolas de Cuiabá gerando conhecimento e economia

Foto: Jorge Pinho

Na próxima segunda-feira (05), em dois horários, às 10h e às 16h, alunos, pais e professores da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Madre Marta Cerutti, no bairro Bela Vista, receberão a visita dos técnicos responsáveis pelo projeto Biogás e Eco-Alfabetização, para duas palestras. O objetivo é informar a comunidade escolar sobre a eficácia do projeto, que além da sustentabilidade, vai trazer economia para a escola e para os cofres do município.

Com o tema Eco-Alfabetização na Escola Cuiabana, a palestra vai explicar, de maneira didática e simples, como funciona o sistema. “A palestra será orientativa, sobre como o projeto será realizado, o funcionamento do equipamento, e seus benefícios para escola, para os alunos, para que a comunidade escolar entenda o ganho que isso traz para todos, incluindo o meio ambiente já que serão utilizados restos dos alimentos e comidas, gerados na escola”, explicou Edilaine Cristina da Silva Almeida, Engenheira Agrônoma da Secretaria Municipal de Educação.

Cinco unidades da rede pública municipal de Educação, receberam os equipamentos durante o período de recesso escolar. Além da EMEB Madre Martha Cerutti, o equipamento foi instalado nas EMEBCs Nossa Senhora da Penha de França, Profª. Hilda Caetano de Oliveira Leite, Nova Esperança e Profª. Benedita Xavier Rodrigues.

Nas unidades escolares, o projeto será desenvolvido em duas fases, a funcional e a pedagógica, envolvendo professores e alunos. “Essa tecnologia é israelense. O processo não gera odor (só dentro do equipamento) e não oferece riscos à saúde das crianças. O sistema é inovador e pode ser colocado em ambientes públicos, em qualquer escala, inclusive industrial”, destacou a engenheira que está monitorando o projeto desde a instalação dos equipamentos.

No ambiente escolar o projeto ganhou o componente pedagógico com a Eco-Alfabetização na Escola Cuiabana, para mudar antigos hábitos, por práticas mais saudáveis.  “Essa tecnologia não produz só o biogás, ela produz também um fertilizante que poderá ser utilizado na escola, em canteiros e hortas, reduzindo o impacto ambiental”, explicou Edilaine Cristina acrescentando que, com essa tecnologia, tudo aquilo que é orgânico e que iria para o lixo, pode ser transformado em energia limpa.

SISTEMA

O sistema lembra uma composteira tradicional. Além de dejetos orgânicos, como cascas de frutas e legumes, também recebe carnes, laticínios, gorduras, óleos e outros resíduos para produzir biogás. As bactérias presentes no biodigestor decompõem os materiais orgânicos, liberando gás limpo que é utilizado para cozinhar. Fácil de montar, o sistema funciona sem eletricidade, pode ser colocado, por exemplo, no quintal de uma casa. Diariamente produz cerca de 6 kWh (kilowatt-horas) de energia, biogás suficiente para cozinhar por 3 horas.

O secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira Passos, disse que essa é mais uma iniciativa inovadora da gestão Emanuel Pinheiro, dentro da proposta de uma cidade sustentável. “Cinco unidades educacionais receberam o equipamento. Vamos avaliar o desempenho e, a ideia, é estender o projeto para outras escolas da rede. Além de trazer economia, o sistema será um aliado no processo ensino aprendizagem. Mais uma vez, a Educação, na gestão Emanuel Pinheiro, está fazendo a diferença, avançando para oferecer um ensino de qualidade aos 53 mil alunos da rede”, destacou.

SERVIÇO

Lançamento do Projeto Biogás e Eco-Alfabetização

Data: segunda-feira (05)

Hora: 10h e 16h

Local: EMEB Madre Martha Cerutti, Rua Vereador Juliano Costa Marques, s/n, bairro Bela Vista

 

Ler Anterior

Judô de Mato Grosso disputa Campeonato Brasileiro

Leia em seguida

Pastoral do Imigrante repassa doação de alimentos, produtos de limpeza e de higiene