Notícias de Última Hora :

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Presidente do Consórcio CIDESASUL-MT ressalta sanção da nova lei do SUSAF para os pequenos produtores de MT  

O prefeito de São Pedro da Cipa (a 150 quilômetros de Cuiabá), Alexandre Russi do PR, ressaltou a importância da nova lei do Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar e de Pequeno Porte (SUSAFMT) para a região Sul de Mato Grosso. A lei foi sancionada na manhã de hoje (22), pelo governador Mauro Mendes (DEM), no Palácio Paiaguás, em Cuiabá, na presença de representantes de associações produtivas, vários pequenos produtores e personalidades politicas mato-grossenses.

O SUSAFMT é o selo de qualidade de segurança sanitária, que os produtores de Mato Grosso e, em especial, os da região Sul, tanto almejavam para assegurarem a comercialização, além dos 11 municípios, que congregam o Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental da Região Sul de Mato Grosso (CIDESASUL-MT), que é presidido por Alexandre Russi.

“O atual governo vem demonstrando que as políticas públicas direcionadas para a população de menor poder aquisitivo podem se tornar realidade. O governador tem feito com que o Estado saísse da burocracia. É o estilo de gestão adotada por nós da região Sul, que já deu certo para todo o Mato Grosso”, destacou o prefeito.

A lei inicial é de autoria do ex-deputado José Domingos Fraga, mas foi resgatada pela atual vice-presidente Janaína Riva (MDB) e reapresentada ao governador Mauro Mendes com estudos de viabilidade para ser sancionada.

O SUSAFMT tem por objetivo, simplificar a comercialização de produtos da agricultura familiar em todo o Estado, desejo antigo dos produtores familiares. Antes, os agricultores familiares que produzem queijos artesanais, legumes em conserva, frangos caipira, mel, rapadura, por exemplo, não podiam vender para o mercado formal por falta da certificação emitida pelo poder público. Com a nova lei, o agricultor familiar abandona o mercado informal e garante a procedência e a qualidade sanitária para melhor atender a sociedade. 

Enquanto a lei não era sancionada, as cidades que compõem o CIDESASUL-MT contavam o selo da região Sul criado para facilitar a comercialização dos produtores que fazem parte do consórcio. “Não estavam atuando de forma confortável, mas é o que nos fazia movimentar a região, enquanto aguardávamos o SUSAF se tornar a lei que foi sancionada pelo governador”, afirmou Russi, que também encontra respaldo no primeiro-secretário, Max Russi (PSB) e do presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM).

“Por muito tempo vimos o projeto emperrado nas gestões anteriores no legislativo e passamos a ver a atual administração legislativa dando celeridade junto ao governo para aprovar a lei que atenderá a todos os produtores mato-grossenses. Todos os produtores necessitavam desse apoio”, afirmou o prefeito.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Prefeitura inicia debates para elaboração da LOA de 2020

Leia em seguida

Da Cavalhada ao Cururu: conheça MT em sete manifestações folclóricas