Notícias de Última Hora :

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

quinta-feira, 26 de novembro de 2020

Santa Casa realiza triagem de pacientes para mutirão de cirurgias

Com quase um mês de funcionamento, o Hospital Estadual Santa Casa de Cuiabá se prepara para realizar o primeiro mutirão de cirurgias adultas para atender aos pacientes que precisam de uma operação de vesícula e estão na lista de espera do sistema de regulação desde 2017.

Os trabalhos serão divididos em duas etapas. A primeira é neste sábado (23.08), em que a equipe da unidade irá receber os pacientes para a realização da consulta pré-operatória – fase conhecida como triagem – e de todos os exames clínicos. Os atendimentos começam às 7h30 e serão encerrados quando os 129 pacientes da lista realizarem todas as avaliações. Este fase é importante, pois o profissional de saúde terá condições de fazer um diagnóstico do paciente; o que diminui os riscos durante o procedimento operatório.

“A atual gestão da Secretaria de Estado de Saúde está atenta às demandas por cirurgias eletivas e pretende realizar outras ações que desafoguem a lista de espera. Também já foram anunciados mutirões pelo interior do estado e temos como prioridade a redução da fila por procedimentos cirúrgicos”, declarou o secretário de Estado, Gilberto Figueiredo.

Embora o número de pacientes na lista de espera ultrapasse 100 pessoas, a equipe cirúrgica vai realizar 50 cirurgias em agosto. Os demais 79 pacientes serão operados durante o mês de setembro, período em que a unidade inicia os serviços que inclui cirurgias gerais de média complexidade e outros serviços de saúde.

“Esses pacientes irão realizar tudo que for necessário, iniciando pela pré-consulta e, em seguida, consulta com cardiologista, especialista que vai avaliar o risco cirúrgico. Além disso, eles vão passar também pelo cirurgião geral, que vai avaliar as condições gerais”, explicou a diretora do hospital, Danielle Carmona.

Já na segunda etapa, os pacientes que estiverem aptos receberão o encaminhamento para realização da cirurgia, sendo que uma parcela já será internada na próxima sexta-feira (29), para que a operação ocorra no sábado (31).

A realização dos procedimentos cirúrgicos, estava programados para ocorrer na segunda etapa de inauguração do Hospital Estadual, após os 30 dias de funcionamento da unidade. Porém, a atual gestão resolveu antecipar a oferta deste serviço com objetivo de zerar a fila de espera de todos que aguardam.

Atualização de dados no SUS

Uma das dificuldades enfrentadas pela equipe da secretária adjunta de Regulação, Fabiana Bardi, é a localização dos pacientes que estão aguardado a convocação para as cirurgias da lista de espera do Sistema Único de Saúde (SUS).

Os números mostram que, do total de 461 pacientes, 154 não atenderam às ligações. Os dados mostram ainda que os números de 85 pessoas já não existem mais. Essa situação ocorre porque o paciente trocou de número e não informou o seu novo contato. Pacientes que estiverem nesta situação devem procurar uma unidade de saúde para solicitar atualização dos dados pessoais no sistema. (Com assessoria)

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Prazo para inscrição no concurso da Secretaria de Educação termina neste domingo

Leia em seguida

Corpo de Bombeiros aponta que 75% das queimadas em MT são em propriedades privadas