Notícias de Última Hora :

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

quinta-feira, 16 de setembro de 2021

Ossada humana é encontrada dentro de poço artesiano em clube de tiro

Uma ossada humana foi encontrada dentro de um poço artesiano, na tarde desse domingo (1º), em uma chácara, no bairro Jardim Vitória, em Cuiabá. Na chácara funciona um clube de tiro e também uma pista de aeromodelismo.

Segundo o boletim de ocorrência, um homem que praticava aeromodelismo no clube encontrou o poço artesiano e, ao olhar o que havia dentro, viu ossadas que aparentavam ser humanas.

O proprietário do clube acionou a Polícia Militar e a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

O caseiro do local informou aos policiais que sua filha está desaparecida há 3 anos e suspeita que esta ossada seja dela.

A ossada foi encaminhada para análise e DNA. A DHPP está investigando o caso.

Veja a ocorrência encaminhada pela assessoria da Polícia Judiciária Civil

Ocorrência de natureza tipo Encontro de Cadáver, data: 01/09/2019 ás 18h30, na BR 251- acesso a Chapada dos Guimarães km 11.

A equipe da Polícia Militar foi acionada via CIOSP para atendimento de uma ocorrência de encontro de uma ossada na estrada da Chapada no KM 11. No local funciona um Clube de Tiros e uma pista de aeromodelismo, um sócio perdeu seu avião o qual fazia prática de aeromodelismo e contratou uma pessoa para encontrar o avião. Nessas buscas por volta das 10:30h, ao abriu a tampa do poço que esta localizado próximo a pista de aeromodelismo e percebeu que havia uma ossada humana boiando. No local um casal que trabalha como caseiro informou que sua filha esta desaparecida desde 10/07/2017. 

Desaparecimento

Kátia Oliveira Martins, 28 anos, saiu de casa juntamente com companheiro (José Correira Brito Filho), e com o filho de 7 meses, dizendo que iriam dormir na casa da mãe do marido. Após, a mãe informou que não teve mais contato com a filha. Tentou por várias vezes ligar para ela, mas não teve êxito. Ela (mãe) achava que estava na casa da sogra e estava bem. Mas no dia 19/07/17, a sogra de Kátia foi até a sua casa, junto com um homem que não a conhece, e deixado a criança com ela e falado que o casal tinha ido procurar uma chácara na região do manso, para morar. Desde então, não voltaram mais. E com isso a sogra foi até a casa da mãe de Kátia para deixar a criança.

A Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoas (DHPP) já tem inquérito policial instaurado no Núcleo de Pessoas Desaparecidas, que apura suposto crime de homicídio. Agora com a localização da ossada, a Polícia Civil vai pedir o confronto de DNA para confirmar se trata da moça desaparecida e tomar as medidas cabíveis ao caso.

Ler Anterior

Zeca Pagodinho aproveita Chapada dos Guimarães, mas destaca incêndios florestais

Leia em seguida

Bancos não podem deixar de atender presencialmente