Notícias de Última Hora :

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

Fonoaudióloga de Cuiabá alerta sobre limpeza de aparelhos auditivos no período de pandemia

O mundo é machista, mas quem mandam são elas

Gêmeos de Cuiabá são aprovados em três universidades federais

terça-feira, 20 de outubro de 2020

Vendas de veículo zero crescem 16% em 8 meses

Vendas de veículos zero km no varejo mato-grossense superam a média nacional. Em 2019, de janeiro a agosto, foram emplacadas 71,348 mil unidades no Estado, entre automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários, e outros. São 9,785 mil ou 16% a mais que no mesmo período do ano passado, quando foram vendidos 61,563 mil veículos pelos concessionários do Estado.

 

Por todo o país, o número de emplacamentos cresceu 11,2% este ano em comparação com 2018 ao somar 2,615 milhões de veículos novos vendidos nos 8 primeiros meses, segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

 

Todos os segmentos automotivos tiveram acréscimo nas vendas em Mato Grosso este ano ante 2018. Maior volume de emplacamentos está no segmento de automóveis com 23,118 mil, alta de 7% sobre as 21,598 mil unidades faturadas em 2018. Destacam-se, ainda, o crescimento nas vendas de caminhões (66,3%), ônibus (308,5%), implementos rodoviários (105%) e motocicletas (14,5%).

 

Com o tabelamento do frete, mais empresas passaram a investir em frota própria de caminhões e o volume de emplacamentos passou de 1,813 mil nos 8 meses de 2018 para 3,016 mil este ano. Aquisições de ônibus também aumentaram de 70 unidades em 2018 para 286 em 2019, e a de implementos rodoviários – reboques, semirreboques e carrocerias – subiu de 2,571 mil no último ano para 5,274 mil este ano.

 

De janeiro a agosto foram emplacadas 71,348 mil unidades no Estado, acréscimo de 9,785 mil veículos

Outro segmento que mantém em alta as vendas é o de motocicletas, com 28,415 mil unidades emplacadas nos 8 primeiros meses de 2019, ante 24,806 mil no mesmo intervalo do ano anterior.

 

“Caminhões e motocicletas são dois segmentos, por exemplo, que tiveram desempenho local acima da média nacional”, compara o diretor regional da Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), Paulo Boscolo.

 

Na concessionária de Manoel Guedes, o desempenho no acumulado do ano é ainda maior. O empresário afirma que as vendas subiram 27% nas suas lojas favorecidas por lançamentos e campanhas de vendas de automóveis para pessoas com deficiência. “Nossa meta é fechar com ano com aumento entre 25% e 30% na comparação com o ano anterior. Os consumidores já estão mais confiantes e dispostos a comprar”.

 

Mensal

 

No mês passado foram emplacados 9,174 mil veículos novos em Mato Grosso, quantidade inferior (-6%) às vendas de julho (9,761 mil unidades) e equiparado ao total comercializado pelos concessionários locais em agosto de 2018, quando atingiu 9,104 mil unidades.

 

Em relação a julho, apenas o segmento de ônibus teve elevação nas vendas em agosto, com alta de 164% e 66 unidades vendidas. Maiores quedas mensais foram observadas nos segmentos de implementos rodoviários (-21,2%) com 675 unidades, comerciais leves (-9,3%) com 1,137 mil emplacamentos e caminhões (-9,1%) com 445 unidades. Comparado com agosto de 2018, 3 segmentos tiveram queda nas vendas no último mês, sendo o de automóveis (-2%), comerciais leves (-10,8%) e motocicletas (-3,8%).

 

O impacto na venda total do último mês em relação a agosto de 2018 não foi maior porque os demais segmentos varejistas obtiveram incremento nas vendas, sendo o de caminhões (71,8%), ônibus (725%), implementos rodoviários (28,8%) e outros (6,42%). Na percepção do presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior, o varejo automotivo tem mantido estabilidade nas vendas nos últimos meses.

 

A variação negativa observada em agosto está relacionada ao menor número de dias úteis, ou seja, 22 dias em agosto contra 23 dias em julho. Considera, ainda, que enquanto não forem aprovadas as reformas – previdenciária e tributária – os consumidores e empresários evitarão investir.

 

Fonte: Silvana Bazini – A Gazeta

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Segurança Pública conclui reforma em dois blocos da PCE; sem tomadas, presos fazem ‘gato’

Leia em seguida

Poupança em agosto: captação líquida chega a R$ 1,3 bilhões