Notícias de Última Hora :

Atleta olímpico participa de jogo de fuga em Cuiabá

Dia do fonoaudiólogo: entenda a importância desse profissional no ambiente hospitalar

Profissionalismo e dedicação marcam 20 anos de profissão da fonoaudióloga Samia Ribeiro

Chapa 2 Integração protocola pedido para que profissionais da contabilidade tenham férias fiscais em MT

Adrenalina, desafios e diversão te esperam no Halloween da Escape60, em Cuiabá

Encontro automobilístico “Esperienza” supermáquinas entra para o calendário de eventos em Mato Grosso

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

quinta-feira, 20 de janeiro de 2022

Irrigação aumenta produção de leite

Um dos períodos mais difíceis para os produtores, principalmente para aqueles que produzem leite, é de junho a setembro, considerado tempo de seca. Mas, para o produtor Nivaldo Guilherme dos Santos, proprietário do sítio Primavera em Pontes e Lacerda, este ano, com cerca de 3 hectares irrigado, tudo ficou bem mais fácil. Desde 2015, ele faz parte do Senar Tec Leite, programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar/MT). Conta que este foi o 1º ano que irrigou parte do pasto, mas que teve alguns problemas com o sistema de irrigação.

 

“Compramos ração e, apesar do problema foi mais fácil manter os animais bem alimentados. A irrigação já voltou a funcionar e, dentro de 15 dias, podemos colocar o gado nesta área irrigada”. Com o projeto Senar Tec Leite – Mapa Leite chegando ao fim, a família comemora aumento de 33% na produção mensal de leite e 70,7% na produção diária das vacas em lactação. Nestes 4 anos, muita coisa mudou.

 

“Quando entramos no programa, a produção era uma mixaria. Agora temos a metade do rebanho que tínhamos e o dobro da produção”. Nivaldo enumera, com orgulho todas as melhorias que fez em sua propriedade depois que passou a fazer parte do programa. “Construímos um alojamento, com banheiro, reformamos a sala de ordenha e a casa onde moramos. Tudo ficou muito mais confortável”.

 

Para ele, além da gestão da propriedade outro ponto bastante importante foi o piqueteamento do pasto. “Quando comecei tinha 6 piquetes, hoje tenho 82. Aprendi a anotar tudo o que acontece na propriedade. Para isso conto com a ajuda dos filhos e da esposa. Sei o que ganho, o que gasto e onde é preciso investir”. Outro aprendizado muito importante foi a busca de conhecimento para incrementar a produção e a produtividade no sítio.

Ler Anterior

Obesidade e desnutrição: nem tudo é o que parece

Leia em seguida

Schumacher é internado sob forte esquema de segurança