Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

terça-feira, 26 de janeiro de 2021

Mendes: fogo não é problema só do Governo, mas afeta negócios

O governador Mauro Mendes (DEM) afirmou que os episódios de incêndios florestais ocorridos ao longo de agosto e início de setembro afetam a imagem de Mato Grosso internacionalmente.

Em conversa com a imprensa nesta semana, no interior do Estado, o democrata disse que os casos não são apenas um problema do Governo do Estado.

“Essa questão das queimadas é um fato que não é só problema do Governo. O Governo está aí com seu Corpo de Bombeiros atuando, Defesa Civil, muita gente ajudando. Mas, às vezes, alguém pensa que vai queimar um lixo no quintal, mas o fogo pega, se alastra e vira um incêndio de grandes proporções, trazendo consequências ruins ao meio ambiente, saúde pública e para imagem do Estado de Mato Grosso, que é tão importante para nosso comércio internacional”, disse.

Na última segunda-feira (09), Mendes assinou um decreto de situação de emergência no âmbito do Estado em decorrência dos incêndios. Segundo ele, a motivação para decretar a medida é o aumento no número de queimadas e pelas condições climáticas propiciarem a propagação do fogo.

Nesta semana, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de onda de calor com grau de severidade de grande perigo para Cuiabá e outras 27 cidades de Mato Grosso. O alerta informa que há risco de hipertermia e morte.

Segundo Mendes, a situação da estiagem prolongada impõe medidas como o decreto de situação de emergência.

“Temos que reconhecer que neste ano temos quase 120 dias de período de estiagem. Ano passado, choveu quase que continuamente. Então, houve um acúmulo de material orgânico que este ano, com a longa estiagem e o tempo seco, criou condições propícias à proliferação das queimadas”, afirmou.

“Mas o fogo, também, não tem combustão espontânea. Alguém foi lá e colocou esse fogo. Então, temos que identificar quem está fazendo isso, seja por negligência, má-fé ou displicência, e penalizar”, completou.

 

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Após ser flagrado furtando, bandido causa tumulto e assusta clientes na loja Havan

Leia em seguida

Violência no Brasil mata 1800% mais policiais do que a guerra no Afeganistão