Notícias de Última Hora :

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

Fonoaudióloga de Cuiabá alerta sobre limpeza de aparelhos auditivos no período de pandemia

O mundo é machista, mas quem mandam são elas

Gêmeos de Cuiabá são aprovados em três universidades federais

segunda-feira, 19 de outubro de 2020

Mochileiro que viaja a América do Sul de bicicleta há 20 anos tem meio de transporte furtado ao passar por MT

Um mochileiro de 37 anos que já passou por 25 estados brasileiros e seis países da América do Sul de bicicleta teve o veículo e pertences furtados ao parar para descansar em um posto de combustível em Cáceres, a 220 km de Cuiabá, na sexta-feira (6). Ademilson Almeida dos Santos viaja de bicicleta há 20 anos.

Além da bicicleta, outros pertences foram furtados, entre eles dois pneus novos, uma câmara de ar, barraca de acampamento, rede, fotos de viagens e lembranças de alguns lugares nos quais ele já passou.O viajante contou que saiu de Salvador, cidade natal dele, no dia 26 de maio deste ano, com destino a Porto Velho. Ao chegar em Vilhena (RO), ele foi aconselhado pelo Corpo de Bombeiros a não seguir àquele destino devido às queimadas nas estradas

“Decidi mudar a rota e parar em Cáceres para descansar e depois seguir para a Lagoa da Prata (MG), onde passaria meu aniversário. Quando acordei de madrugada para seguir viagem minha bicicleta não estava mais lá [no posto]”, afirmou.

Segundo Ademilson, os criminosos quebraram a corrente que prendia a bicicleta, usando um alicate. Um boletim de ocorrência foi registrado na Polícia Civil ainda na sexta-feira. Ademilson disse que a polícia realizou buscas de drone pela região, mas não conseguiu localizar o veículo.Como a bicicleta é o único meio de transporte dele, ele precisou pegar carona em um ônibus da Prefeitura de Cáceres para chegar a Cuiabá, onde conseguiu vaga em um albergue.

“Fui chorando na estrada até chegar em Cuiabá. Não quero ficar andando de ônibus, pois meu compromisso é com a bicicleta. Vou ficar no albergue até conseguir ajuda para comprar outra bike e seguir viagem”, disse.

O mochileiro contou que essa não é a primeira vez que ele tem a bicicleta e os pertences roubados.Em 2017, quando passava por Belo Horizonte, ele foi assaltado e, além do veículo, os criminosos levaram o celular dele com todas as fotos das viagens e o ameaçaram com uma faca. No entanto, três dias depois, ele recuperou a bicicleta.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Defesa Civil: MT não tem previsão de chuva nos próximos 20 dias

Leia em seguida

Proposta que estabelece punição por assédio moral e sexual no ambiente militar vai para 2ª votação