Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

sábado, 23 de janeiro de 2021

Neymar diz que queria sair do PSG e dispara: “Não preciso que gritem meu nome”

O sábado de Neymar foi de emoções distintas.  O jogador fez seu primeiro jogo pelo PSG na temporada, foi hostilizado e bastante vaiado pela torcida na partida diante do Strasbourg, mas deu a volta por cima com um golaço de voleio nos acréscimos e terminou sendo aplaudido no Parc des Princes.

Depois de garantir a vitória por 1 a 0 no Campeonato Francês, Neymar falou pela primeira vez sobre a negociação frustrada com o Barcelona. Na zona mista do estádio, o camisa 10 admitiu que queria sim deixar o clube de Paris e alfinetou o presidente Nasser Al-Khelaifi.

“Todos sabem que era um desejo sim de sair e eu queria isso. Deixo bem claro. Não vou entrar em detalhes do que aconteceu, de negociações. Todo mundo sabe o que ele (presidente) fez, é uma página virada”, disse o jogador ao Esporte Interativo .

“Sou jogador do PSG e prometo dar tudo em campo. Esse é meu papel, vou ser feliz em campo. Não preciso que gritem meu nome ou que estejam ali por mim. Desejo que estejam ali pelo PSG. Espero que eles ajudem ao invés de ficarem vaiando”, comentou Neymar.

O brasileiro continuou falando sobre as vaias que recebeu no jogo. “Não quero que se incomodem por mim. Se eles não gostam mais de mim, isso é triste. Mas que eles pensem primeiro nos outros jogadores e comecem a incentivar também”, avisou.

Neymar corroborou que tinha o desejo de deixar o PSG e explicou que tratava-se de um motivo pessoal, nada contra o clube ou torcedores.

“Teve alguns motivos pessoais. Quero deixar bem claro que não foi nada contra a entidade Paris Saint-Germain e nem contra torcedores. Quando você não se sente bem em qualquer trabalho, você procura outro. Não pelas pessoas que tem ali, não pela empresa que você está servindo, mas sim por um motivo pessoal que seja”, disse.

“Tive meu motivo, quis sair, deixei isso bem claro para todo mundo, fiz o possível. Mas infelizmente não deixaram. Não vou entrar em detalhes, é uma página virada. Será a última vez que falo disso porque minha cabeça agora está voltada totalmente ao PSG e espero corresponder nos jogos”, finalizou Neymar .

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Fundo eleitoral e reforma da Previdência serão votados a partir de terça

Leia em seguida

Empresária é assassinada e PM aponta namorado como suspeito