Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

Detentos foram espancados em “salve” de facção dentro da PCE

Imagens passaram a circular nesta terça, mas caso foi registrado no dia 13 de agosto

Imagens que mostram dois detentos da Penitenciária Central do Estado (PCE) com diversos ferimentos nas costas passaram a circular nas redes sociais nesta terça-feira (17). No entanto, o caso foi registrado no dia 13 de agosto, um dia depois do início da Operação Agente Douglas, que fez uma varredura na unidade.

Por meio de nota, a direção da PCE afirmou que os presos foram agredidos por outros detentos.

Esse tipo de violência é conhecido como “salve”, que é aplicado por facções criminosas como forma de punição a inimigos.

A direção da penitenciária ainda disse que as vítimas receberam atendimento médico na enfermaria e foram encaminhadas para outra unidade prisional.

Nas fotos divulgadas, os detentos aparecem com as costas em carne viva.

Um vídeo mostra o momento em que eles são agredidos com cabos de energia. Eles estão em um corredor cercados de outros presos.

Em outra gravação, as vítimas apontam os nomes de quem os agrediu.

Operação

Deflagrada no dia 12 de agosto, a operação tinha como objetivo combater o crime organizado. Conforme o secretário de Segurança, Alexandre Bustamante, a segunda fase segue por mais 30 dias.

A primeira parte da ação retirou excesso de materiais de dentro das celas. Em seguida, iniciou-se uma reforma na PCE e, por fim, teve início a apreensão de ilícitos como drogas e celulares, que estavam escondidos.

Em 30 dias, os agentes penitenciários apreenderam 171 celulares, 506 chips, 12 baterias avulsas, armas artesanais, além de 352 cadernos com anotações feitas por presos, que serão analisados pelos órgãos competentes, durante a primeira fase da operação na Penitenciária Central do Estado. Alguns dos cadernos continham informações sobre aplicação de golpes por sites de compra e venda.

Também foram apreendidos sete quilos de drogas, encaminhadas para a Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) ao longo da operação, iniciada em 13 de agosto.

Com a limpeza e retiradas de excessos nas celas, como freezers, micro-ondas, forno elétrico, aparelhos musicais, televisores, dentre outros produtos, foi possível fazer obras e ampliar mais 137 leitos.

 

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Procurador Mauro diz que PT é corrupto

Leia em seguida

TSE decide que candidaturas laranjas levam à cassação de toda a chapa