Notícias de Última Hora :

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

quinta-feira, 26 de novembro de 2020

Câmara abre CPI para investigar vereador acusado de estupro

Miguelito Pereira foi denunciado após supostamente abraçar e tocar as partes íntimas de uma menina de 11 anos

A Câmara Municipal de Rosário Oeste instaurou uma CPI para investigar a quebra de decoro do vereador Miguelito Pereira (PSD). Ele é acusado de estuprar uma menina de 11 anos.

Segundo a relatora do processo, a vereadora Selma Anzil (PR), a investigação foi aprovada por unanimidade entre os vereadores na sessão da última sexta-feira (13), à qual o acusado não compareceu.

Selma afirmou que, ainda nesta semana, a comissão irá se reunir para traçar a linha investigativa contra o vereador. Após isso, a CPI passa a ouvir testemunhas do caso e a própria Polícia Civil.

Caso seja provada a má conduta, Miguelito pode perder o mandato.

Paralelamente, a Polícia também investiga a denúncia de estupro no âmbito criminal.

O crime

O boletim de ocorrência foi registrado na Polícia Militar no dia 24 de agosto pela mãe da vítima.

Conforme o relato, a mãe pediu para a menina ir ao mercado, que pertence ao vereador, verificar o preço de um cadeado.

Após um tempo, a menor retornou para casa com um pacote de unhas postiças que teria sido presente do proprietário.

A menina ainda teria pedido para a mãe não mandá-la mais ao estabelecimento, pois Miguelito teria a abraçado e tocado nos seus órgãos genitais.

Imediatamente, junto com seu filho, a mulher foi até o mercado confrontar o político. Ainda de acordo com o relato, o homem a teria ignorado e ido embora de carro.

Após isso, a mãe registrou o boletim de ocorrência na PM.

Outro lado

O advogado de defesa do vereador, Emerson Flávio de Andrade, afirmou ao MidiaNews que o vereador é inocente e existem provas a favor do seu cliente.

Ele disse ainda que não pode dar detalhes do caso, pois a investigação está sob sigilo.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

PM impede que dupla aplique golpe de R$ 23 mil pela OLX

Leia em seguida

Mato Grosso aumenta volume de milho vendido no exterior; Egito, Vietnã e Irã ficam com 35%