Notícias de Última Hora :

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

quinta-feira, 23 de setembro de 2021

Rendida, defensora apertou “botão do pânico” e acionou a Polícia

Roubo à residência aconteceu nesta madrugada (27), em Sorriso; um ladrão conseguiu escapar

A defensora pública de Sorriso Luciana Decesaro Galleazi, de 47 anos, viveu momentos de terror na madrugada desta sexta-feira (27), quando teve a casa onde mora invadida por assaltantes.

A ação resultou em um confronto com a Polícia Militar, em que quatro dos criminosos morreram e um conseguiu fugir.

De acordo com o boletim de ocorrência, Luciana estava na casa com as duas filhas – de 17 e 10 anos –  e outras sete pessoas, quando o imóvel foi invadido. Ela conseguiu acionar o “botão do pânico” e alertar a empresa de monitoramento sobre o assalto.

Segundo o documento, um funcionário da empresa ligou na casa. Ao ser questionada sobre a contrassenha do botão de pânico, a defensora respondeu diferente do combinado, indicando que estava em perigo.

“Munido dessas informações, o Copom acionou as guarnições policiais, que deslocaram para a o local”, diz trecho do BO.

Na casa, um dos policiais militares conseguiu ver através de uma parede de vidro que havia uma pessoa apontando uma arma para um dos reféns do sexo masculino, e que havia outros três saindo do local com objetos nas mãos.

Os militares acionaram o interfone da residência e viram quando o assaltante armado pegou a defensora pública e, sob a mira do armamento, a obrigou a atender a porta.

Imediatamente um cerco foi montado ao redor da casa. Quando os ladrões perceberam a presença da Polícia Militar, tentaram fugir pulando o muro da casa.

Houve uma perseguição e, em seguida, o confronto que acabou com quatros assaltantes baleados.

Eles chegaram a ser socorridos pelo Corpo de Bombeiros da cidade, mas não resistiram aos ferimentos e morreram.

Duas armas usadas no crime pelos bandidos foram apreendidas, além de uma mochila contendo um notebook e a chave de um carro.

O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.

Ler Anterior

Deputado quer pedir à Justiça por novo depoimento de doleiro

Leia em seguida

STF manda Polícia Federal fazer buscas em endereços de Janot