Notícias de Última Hora :

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

Fonoaudióloga de Cuiabá alerta sobre limpeza de aparelhos auditivos no período de pandemia

O mundo é machista, mas quem mandam são elas

Gêmeos de Cuiabá são aprovados em três universidades federais

quinta-feira, 22 de outubro de 2020

Emanuel cria Secretaria do Turismo e extingue Serviços Urbanos

Minirreforma, que será enviada à Câmara Municipal, traz ainda a criação de empresa pública

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) detalhou, na noite desta sexta-feira (27), os principais pontos da minirreforma administrativa que ele enviará à Câmara Municipal na semana que vem.

As mudanças consistem na extinção da Sec 300 (Secretaria Extraordinária dos 300 anos) e da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos. Em contrapartida, o prefeito vai criar a Secretaria Municipal da Mulher, uma Pasta exclusiva para o Turismo, que atualmente está dentro da estrutura da Esportes e Cultura, alem de uma empresa pública de limpeza, a Limpurb.

“A Limpurb, por ser uma [empresa da administração] indireta, será ligada à estrutura administrativa da Secretaria de Obras, mas vai ser uma grande pasta, inclusive com a criação de uma zeladoria dentro dela”, afirmou o prefeito durante solenidade de reinauguração do ginásio “Fiotão”, em Várzea Grande.

Emanuel explicou que as mudanças vão manter o atual número de secretarias, 19, mas com a economia de 1,5% a 2% na folha de pagamento dos cargos comissionados, o que, ao final do ano, significará cerca de R$ 900 mil. “Ou seja, vou fazer mais com menos”, afirmou o prefeito.

Apesar da definição, o emedebista afirmou que ainda não escolheu nenhum nome para ocupar os postos. Mais cedo, em conversa com o MidiaNews, Emanuel admitiu a possibilidade de nomear a primeira-dama Márcia Pinheiro na Secretaria da Mulher.

Além da extinção e criação de pastas, o prefeito anunciou o fortalecimento da Secretaria Municipal de Assistência Social, que agora passa a se chamar Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e Pessoa com Deficiência.

Assim, serão criadas duas pastas adjuntas na estrutura, uma para os direitos humanos e outra para atender pessoas com deficiência.

“A potencialização da área social será a tônica da minirreforma. Queremos investir mais ainda na assistência social e humanização, valorizando os mais vulneráveis e os mais carentes”, afirmou.

O prefeito garantiu que a minirreforma vai possibilitar o corte de cargos e função de confiança, que vão cair dos atuais 1.132 para cerca de 770.

“Será uma redução de quase 30%, promovendo um enxugamento, uma melhor distribuição dos cargos da função de confiança”, disse.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Flagrados com carro roubado, ladrões trocam tiros com PMs

Leia em seguida

Governo reduz gastos e diminui estouro da folha; TCE aumenta