Notícias de Última Hora :

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

Fonoaudióloga de Cuiabá alerta sobre limpeza de aparelhos auditivos no período de pandemia

O mundo é machista, mas quem mandam são elas

Gêmeos de Cuiabá são aprovados em três universidades federais

sábado, 24 de outubro de 2020

Enfermeira some após sair do trabalho; marido aciona a polícia

Zuilda Correia, de 43 anos, desapareceu na 6ª; marido diz ter visto manchas de sangue em caminhonete

A enfermeira Zuilda Correia, 43 anos, desapareceu na noite de sexta-feira (27) após voltar do hospital em que trabalhava em Sinop (a 500 km de Cuiabá).

Conforme a Polícia Civil, o marido – que registrou o boletim de ocorrência sobre o desaparecimento – contou que encontrou manchas de sangue e fios de cabelo na caminhonete do casal, em frente à residência deles.

Segundo o homem relatou à Polícia, antes do desaparecimento, ele havia buscado a esposa no Hospital Santo Antônio, onde Zuilda atua como enfermeira, e a deixou em casa.

Posteriormente, ele seguiu para um “espetinho” onde ambos trabalham durante a noite e ficou à sua espera.

Ao notar a ausência da esposa, ele relatou ter retornado à residência, onde não a encontrou. Ele então, seguiu para a igreja que esposa frequentava, e também não a localizou.

Segundo o marido, já preocupado, ele retornou para casa e encontrou a caminhonete do casal na porta. Ao pegar as chaves reservas, constatou que estava faltando roupas de Zuilda e uma quantia em dinheiro. Ao checar a caminhonete, ele relatou ter visto manchas parecidas com sangue e fios de cabelo.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Sinop.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Homem é preso acusado de enforcar criança de 6 meses em VG

Leia em seguida

Selma: governadores e prefeitos se escondem atrás do Congresso