Notícias de Última Hora :

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

terça-feira, 24 de novembro de 2020

Homem é preso acusado de matar jornalista por causa de R$ 3

Rapaz de 21 anos confessou a terceiros sobre o crime; ele ainda será ouvido pela Polícia Civil

Um jovem identificado como Jhon Lennon da Silva, de 21 anos, foi preso pela Polícia Militar na noite de terça-feira (1°) suspeito de matar o jornalista Marcelo  Ferraz Leite, de 38 anos, com pedradas na cabeça, no último final de semana, em Cuiabá.

Segundo boletim de ocorrência, o suspeito confessou a outras pessoas que havia cometido o homicídio porque Marcelo o procurou e consumiu uma porção de pasta-base de cocaína e não tinha o dinheiro para pagar. Segundo ele, o valor da droga era R$ 3.

Marcelo havia sido dado como desaparecido por familiares no sábado (28). A reportagem apurou que ele teria informado à mãe que iria se encontrar com amigos na Praça da Mandioca, região de bares no Centro Histórico da Capital.

O corpo dele foi encontrado na segunda-feira (30), nas proximidades da Avenida Historiador Rubens de Mendonça (do CPA), aos fundos de uma loja da rede McDonald’s.

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, a PM recebeu uma denúncia de que uma pessoa havia ido até uma boca de fumo pedir drogas, afirmando que precisava, pois “havia acabado de matar uma pessoa”.

“Este relatou que a vítima [Marcelo] teria pedido uma porção de pasta-base de cocaína, que custava R$ 3. E esta pessoa, após consumir a droga, não tinha o dinheiro para pagar. Neste momento, o suspeito desferiu pedradas na cabeça da vítima”, diz trecho do boletim.

Foram feitas buscas na região e, após a informação de que o suspeito costumava ficar no Bairro Baú, os policiais conseguiram encontrá-lo e o prenderam.

Ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes da Capital, onde foi autuado por homicídio doloso.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Vereador critica líder comunitário e audiência acaba em confusão

Leia em seguida

Traficantes naufragam e são “salvos” por pacotes de cocaína na Colômbia