Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Prefeito e Barbudo criticam operação e dizem buscar Bolsonaro

PF deflagrou operação para desocupar garimpo ilegal; prefeito diz que garimpeiros ajudam cidade

O prefeito de Aripuanã, Jonas Rodrigues da Silva (PR), criticou, nesta terça-feira (08), a Operação Trype, da Polícia Federal, que visa cessar as atividades de um grande garimpo ilegal no Município.

Segundo ele, a ação da PF foi deflagrada em um momento que a cidade vivenciava um crescimento econômico, por conta da atividade.

“Estamos em Brasília extremamente preocupados com tudo o que está acontecendo em Aripuanã. Hoje, temos lá uma operação da Polícia Federal, juntamente com Ibama, Sema, Polícia Militar. E isso nos preocupa bastante, porque hoje a economia do Município estava muito grande com a mineração”, afirmou.

O gestor foi a Brasília pedir que a bancada federal o ajude a impedir o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) de queimar o maquinário dos pequenos mineradores.

Amparados na legislação ambiental, os agentes podem queimar os aparelhos para que não retornem a usá-los.

“Desde ontem estamos em uma peleja para tentarmos deixar vocês tirarem os maquinários que foram presos para que não sejam queimados. Este é nosso apelo aqui em Brasília e estamos fazendo por tudo para ver se resolver a situação”, disse.

O deputado federal Nelson Barbudo (PSL) disse apoiar a retirada dos maquinários. Afirmou que buscará o ministro-chefe da Casa Civil Ônix Lorenzoni e, se preciso, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) para que a Polícia Federal atenda o apelo do prefeito.

Barbudo disse que os garimpeiros são “pessoas trabalhadoras”. Ele pediu que a questão seja resolvida sem conflito.

“A minha assessoria agora já está atrás do ministro-chefe da Casa Civil para que possamos protocolar um documento para que não sejam queimados os maquinários. Sabemos que os garimpeiros são pessoas trabalhadoras. Inclusive, tenho um projeto para profissionalizar a profissão do garimpeiro, que é um sonho de Jair Bolsonaro”, afirmou.

“Estaremos no dia de hoje correndo na Polícia Federal, Casa Civil, Secretaria de Governo, se preciso chegarei até Jair Bolsonaro, para que pacifiquemos a situação. Para que você possa resgatar o seu material sem prejuízo. Tenham um pouco de paciência, não vamos usar de violência. Tentaremos ajudar o máximo que pudermos”, completou.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

PM é preso acusado de envolvimento em morte de enfermeira

Leia em seguida

Riva cita operações em factoring para propinas de R$ 2,8 milhões