Notícias de Última Hora :

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

segunda-feira, 20 de setembro de 2021

Ex-presidente Fernando Collor é alvo de operação da PF

PF diz que senador por Alagoas integra esquema de lavagem de dinheiro

O ex-presidente da República e atual senador Fernando Collor (PROS-AL) é alvo de uma operação da PF (Polícia Federal). A operação, batizada como Arremate, é realizada nesta sexta-feira (11) em Maceió e Curitiba.

No total, foram expedidos 16 mandados de busca e apreensão nas capitais de Alagoas e do Paraná. Eles foram autorizados pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

O objetivo da operação, segundo a PF, é “combater um esquema de lavagem de capitais por meio de compras de imóveis” em leilões judiciais. Os investigadores apontam que Collor estaria envolvido em um esquema no arremate de imóveis em 2010, 2011, 2012 e 2016.

A PF aponta que o político utilizaria um “laranja” com a proposta de “ocultar a sua participação como beneficiário final das operações”.

“Essas compras serviriam para ocultar e dissimular a utilização de recursos de origem ilícita, bem como viabilizar a ocultação patrimonial dos bens e convertê-los em ativos lícitos”, diz a PF.
Os valores envolvidos no esquema chegariam a R$ 6 milhões, segundo as investigações.

A reportagem ainda não conseguiu contato com a defesa de Collor. Procurado, o gabinete do senador disse que o político irá se manifestar pelas redes sociais, o que não aconteceu até o momento.

Os crimes apurados, de acordo com a PF, são os de lavagem de ativos, corrupção ativa, corrupção passiva, peculato, falsificações e organização criminosa.

Ler Anterior

Esposa leva celular dentro de chinelo e entrega a preso no Fórum

Leia em seguida

Empresária de 41 anos é sequestrada ao sair de curso em Cuiabá