Notícias de Última Hora :

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

quinta-feira, 16 de setembro de 2021

CPI da Energisa é criada e Botelho já avisa que empresa tem sonegação de R$800 milhões

Assembleia Legislativa publicou um ato, que circula no Diário desta sexta-feira (11), e determina a criação da CPI

Assembleia Legislativa publicou um ato, que circula no Diário desta sexta-feira (11), que determina a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a concessionária de energia elétrica do Estado, a Energisa. Conforme o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM), a CPI também irá apurar a sonegação de impostos da empresa, a Mato Grosso, no montante de R$ 800 milhões.

“A CPI vai começar seus trabalhos, vai convocar técnicos, vai ouvir a Aneel [Agência Nacional de Energia Elétrica], vai ouvir todo o Estado. Também tem a questão dos impostos, parece que houve uma sonegação de imposto por parte da Energisa. Existe um imposto que precisa ser pago ao Estado é algo grande, em torno de R$ 800 milhões. Tem coisa por trás que essa CPI vai estratificar tudo aí e descobrir tudo que tem”, disse Botelho.

O deputado ainda destacou que dependendo da gravidade das irregularidades cometidas pela Energisa, a empresa pode até perder a concessão do serviço em Mato Grosso, mas isso tem que ser defido pela União.

Ele lembrou a audiência pública na próxima terça-feira (15) fará os primeiros questionamentos aos diretores da empresa.

“Iremos discutir a condição da Energisa, especialmente a falta de atenção que ela tem com os clientes dela. Ela vem estourando todos os índices de reclamações, dobrando reclamações todos os anos. Então esse descaso precisa ser discutido”, comentou.

Criação

Segundo o Ato n° 59/19, a CPI terá o prazo de 180 dias, prorrogáveis pelo mesmo período, para investigar a concessionária quanto ao aumento abusivo nas contas de energia elétrica nos municípios do Estado, bem como o enxugamento nos quadros de funcionários e a má prestação dos serviços concessionados.

Os blocos parlamentares terão o prazo de cinco dias para indicar nomes que possam integrar a CPI. Segundo Botelho, o deputado Elizeu Nascimento (DC), que apresentou o requerimento para iniciar a investigação, deverá ser o presidente.

Ler Anterior

Vereador faz ameaças e é acionado

Leia em seguida

Motorista de aplicativo é preso com arma e mais de R$3 mil em dinheiro