Notícias de Última Hora :

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

Fonoaudióloga de Cuiabá alerta sobre limpeza de aparelhos auditivos no período de pandemia

O mundo é machista, mas quem mandam são elas

Gêmeos de Cuiabá são aprovados em três universidades federais

terça-feira, 20 de outubro de 2020

UFMT pagou R$ 192 milhões por contratos sem licitação em 2019

Dispensa relativa à despesa anual com serviços de energia elétrica totaliza pouco mais de R$ 18 milhões

A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), sob o comando da reitora Myrian Serra, utilizou a dispensa de licitação em 95,83% das contratações feitas ao longo deste ano. Dos pouco mais de R$ 202 milhões de contratos firmados, R$ 193 milhões foram de forma direta.

Os dados estão disponibilizados no Portal Transparência do Governo Federal.

O portal traz, também, as somas das contratações realizadas por pregão, que totalizam R$ 4 milhões (1,98%); pregão – registro de preço, que passam de R$ 3,4 milhões (1,68%); as por inexigibilidade de licitação, que totalizam R$ 911 mil (0,45%); e as feitas por tomadas de preço, cujo total é de R$ R$ 106 mil (0,05%).

MidiaNews fez um levantamento e constatou que há contratações para as mais diversas finalidades.

O maior montante encontrado pela reportagem foi uma dispensa relativa a cobertura de despesa anual com serviços de fornecimento de energia elétrica para os campus da UFMT, que totaliza pouco mais de R$ 18 milhões.

Deste montante, R$ 17,9 milhões são para fornecimento propriamente dito, enquanto R$ 20 mil foram para recolhimento de taxas, impostos ou multas.

Outra dispensa, no valor de R$ 837,2 mil, foi realizada para custear um concurso público para a Prefeitura Municipal de Tangará da Serra.

Contratos por dispensa para a prestação de serviços de mão de obra de motoristas (categoria B e D – sem fornecimento de automóvel – de docentes, técnicos administrativos e discentes em atividades administrativas e acadêmicas) somam pouco mais de R$ 441,5 mil.

Há extratos no portal que mostram aquisições de garrafões de água de 20 litros para atender ao Campus de Rondonópolis. Os 2.241 galões saíram ao custo de R$ 17,6 mil.

São listados, também, pagamentos de licenciamentos de veículos e de seguros DPVAT, cujas somas variam de R$ 47,48 a R$ 568,43. Há ainda pagamentos de IPTU.

Os dados incluem, ainda, contratações feitas para aquisição de medicamentos, seja para atender a demanda do Hospital Universitário Júlio Muller, bem como para servidor da UFMT vítima de acidente de trabalho.

Por fim, o portal traz dispensas para pagar contrato relativos à locação de imóveis, com valores de R$ 28,3 mil e R$ 6,1 mil, por exemplo.

Veja outras dispensas:

Aquisição de oxigênio medicinal criogênico – R$ 59.000,00

Aquisição de hortifrutigranjeiros fornecidos por agricultores familiares – R$ 19.799,19

Aquisição de produtos para lactário – R$ 18.480,00

Aquisição de instrumentais de odontologia – R$ 7.602,06

Aquisição de Caixa completa de Timpanomastoidectomia – R$ 6.757,00

Aquisição de medicamentos – R$ 2.885,70

Aquisição de Sangue de coelho desfibrinado – R$ 315

Em 9 meses, UFMT gastou R$ 1,2 milhão com passagens e diárias

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Justiça manda Prefeitura pagar R$ 19,9 mi a filho de ex-prefeito

Leia em seguida

Polícia prende “tesoureiro” do C.V. com R$ 27 mil em espécie