Notícias de Última Hora :

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

domingo, 1 de agosto de 2021

“Emanuel Pinheiro já é candidato a prefeito de Cuiabá”, diz presidente do MDB

Francisco Faiad diz que o MDB não abre mão da candidatura de Emanuel Pinheiro

Em entrevista , na manhã desta segunda-feira (28), o presidente do diretório municipal do partido Movimento Democrático Brasileiro (MDB), Francisco Anis Faiad, afirmou que a legenda não abre mão da candidatura do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB).

“Emanuel diz que ainda tem alguns problemas, algumas questões pessoais a serem resolvidas para dar a palavra final. Mas nós confiamos plenamente na candidatura do Emanuel Pinheiro”, declarou Faiad.

O presidente do MDB também ressaltou que o partido confia plenamente na candidatura do emedebista. “Emanuel é candidato. Eu tenho certeza disso! Porque não é só o MDB que apoia, mas existe um conjunto de 13 partidos, que fazem parte da base aliada, que querem a candidatura dele à reeleição”, ressaltou.

Os partidos que clamam pela reeleição do prefeito de Cuiabá são: MDB, PTB (Partido Trabalhista Brasileiro), PV (Partido Verde), PP (Progressistas), PSD (Partido Social Democrático), PSB (Partido Socialista Brasileiro), Avante, PSC (Partido Social Cristão), PRB (Partido Republicano Brasileiro), PL (Partido Liberal), Solidariedade, PSBD (Partido da Social Democracia Brasileira) e PRTB (Partido Renovador Trabalhista Brasileiro).

Além desses partidos, o DEM (Democratas), PSL (Partido Social Liberal), PCdoB (Partido Comunista do Brasil) e PDT (Partido Democrático Trabalhista) também demonstram que estão abertos para apoiar o prefeito de Cuiabá.

“Caso ele [Emanuel Pinheiro] não saia, o que é muito difícil de acontecer nós temos sim um plano B, plano C, D. Prefiro nem falar nomes para não criar qualquer tipo de aspiração, expectativa neste sentido. Nós nem tratamos desta questão e nem se cogita outro nome. Hoje ele tem 78% de aprovação e o nome dele é o mais forte candidato a prefeito de Cuiabá”, pontuou.

Conforme o presidente, a grande aprovação do prefeito é reflexo do trabalho desempenhado por ele na Saúde, Educação, em Obras, como praças, asfaltos, construção de viadutos e reforma da feira do Porto, além da implantação de pontos de ônibus sustentáveis.

Questionado sobre o nome mais forte que poderá enfrentar Emanuel, Faiad afirmou que não vê um nome despontando, e acredita que o prefeito seja o favorito das eleições. “Não existe eleição ganha e nem eleição fácil. Vai ser uma eleição dura, onde certamente várias críticas vão aparecer, o que é normal”, disse Faiad, que pretende ficar apenas nos bastidores, cuidando da coordenação da campanha de 2020, de todos os candidatos.

Vereadores pelo MDB 

Seguindo para o parlamento municipal, o MDB lançará uma chapa completa com 37 candidatos a vereadores, sendo 25 nomes masculinos e 12 femininos, buscando quatro eleitos.

Entre os nomes já confirmados para a disputar a Câmara de Vereadores de Cuiabá estão Maurélio Ribeiro, Ralf Leite (assessor municipal) e Oseas Machado, ambos ex-vereadores, além de ex-secretários como Rogério Varanda (de Serviços Urbanos de Cuiabá), também o advogado Luiz Arthur Oliveira Ribeiro, mais conhecido como Luluca Ribeiro, sobrinho do ex-governador Dante de Oliveira, e irmão o ex-vereador Leonardo de Oliveira.

Dentre as candidaturas femininas terão presidentes de Sindicatos, de Associações de Bairros, como a presidente do bairro Altos do Parque 2, Viviane de Oliveira. Francisco Faiad, que também é presidente honorário vitalício da OAB/MT, ex-vereador por Alta Floresta, suplente de deputado estadual em 2015 e 2018, diz não ter mais pretensão de candidatura.

Eleições acirradas 

Segundo Faiad as eleições serão acirradas, entretanto, enfatiza que estão preparados, e inclusive para qualquer crítica, seja no campo político ou pessoal.

“A população já sabe tudo o que aconteceu, tudo o que se relaciona a Emanuel, a pessoa dele e a atividade política dele. O nosso desejo é discutir projetos e propostas. O partido já está redondo. Só falta o Emanuel dizer o sim”, finaliza o presidente do diretório municipal do MBD.

Em janeiro do próximo ano o partido fará uma reunião para apresentar os candidatos a vereadores, uma pré-convenção no mês de fevereiro e a convenção em julho.

Ler Anterior

2º Encontro Nacional das Mulheres na Roda de Samba será no Parque das Águas

Leia em seguida

Bolsonaro critica proposta da Aneel de tributar energia solar: ‘Taxar o sol já vai para o deboche’