Notícias de Última Hora :

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

quarta-feira, 4 de agosto de 2021

Márcia: Executivo é muito “pesado”, mas decisão é de Emanuel

Primeira-dama de Cuiabá admitiu cansaço em razão das disputas eleitorais travadas pelo marido

A primeira-dama de Cuiabá Marcia Pinheiro afirmou que a decisão de seu esposo, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), de voltar a concorrer ou não ao Palácio Alencastro em 2020 caberá ao emedebista.

Marcia, inclusive, minimizou os comentários dando conta de que ela seria radicalmente contra uma nova disputa.

“Sempre falo: Ele é o politico, quem vai decidir é ele. É que o Executivo é diferente do Legislativo, é muito ‘pesado’. As pessoas pensam que não, mas é uma demanda muito grande. Muito varejo: buraco na rua, esgoto, creche, escola, assistência. Então, não é fácil administrar”, disse ela.

De todo modo, a primeira-dama admitiu que existe um cansaço em razão de o esposo estar há mais de três décadas ocupando cargos públicos.

“A gente vai, como tudo na vida, cansando. São 30 anos de vida pública, nove campanhas. Não é fácil para nós mulheres. São múltiplas funções, temos que dar conta de tudo”, afirmou Márcia.

Apesar disso, ela afirmou entender a política como algo extremamente saudável. Disse também que antes mesmo de se casar com Emanuel, já tinha um convívio no meio político, em razão da militância de seu pai.

“Desde criança sempre convivi com meu pai, que sempre foi articulador político, em cidade do interior, onde a política está no sangue, onde a coisa é mais ferrenha do que aqui”, disse.

“Então sempre convivi com isso. Mas reitero: é uma decisão que o Emanuel é que tem que tomar. Até porque, agora tem o Emanuelzinho também na politica e é diferente o trato com filho e marido”, concluiu ela, em alusão a seu filho, o deputado federal Emanuel Pinheiro Neto (PTB).

Ler Anterior

‘Taques deu ordem para destruir placas’, afirmam coronéis

Leia em seguida

Concurso premia melhor receita escolar de Cuiabá