Notícias de Última Hora :

Atleta olímpico participa de jogo de fuga em Cuiabá

Dia do fonoaudiólogo: entenda a importância desse profissional no ambiente hospitalar

Profissionalismo e dedicação marcam 20 anos de profissão da fonoaudióloga Samia Ribeiro

Chapa 2 Integração protocola pedido para que profissionais da contabilidade tenham férias fiscais em MT

Adrenalina, desafios e diversão te esperam no Halloween da Escape60, em Cuiabá

Encontro automobilístico “Esperienza” supermáquinas entra para o calendário de eventos em Mato Grosso

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

sexta-feira, 21 de janeiro de 2022

Justiça retoma processo de R$ 1,3 mi contra Riva, Bosaipo e mais seis

Eles são acusados de fraudar licitações para desviar dinheiro público

O juízo da Vara de Ação Cível Pública e Ação Popular de Cuiabá negou questões preliminares e determinou a retomada de ação movida pelo Ministério Público (MPE) em face de José Riva, Humberto Bosaipo e mais seis pessoas acusadas de fraude no valor de R$ 1,394 milhão na Assembleia Legislativa (ALMT).

A ação é proveniente da Operação Arca de Noé.

São alvos do processo, Além de Riva e Bosaipo, Guilherme da Costa Garcia, Naser Okde, Nivaldo de Araújo, Geraldo Lauro, José Quirino Pereira e Joel Quirino Pereira. Segundo o MPE, os nomes cometeram fraude em processo licitatório para desvio e apropriação de recursos públicos na Assembleia Legislativa.

O ato criminoso ocorreu, conforme apontado pela acusação, por meio da emissão de cheques à empresa Marcos Antonio de Lima Artes Gráficas no importe de R$ 1,394 milhão.

Ao retomar o processo, o juízo negou preliminares de incompetência da Vara, alegação de prescrição,  inépcia da inicial e ausência de provas.

“As partes são legítimas, estão devidamente representadas e munidas de interesse processual. Não há irregularidades ou nulidades a serem corrigidas, tampouco outras questões a serem decididas nesse momento processual. Não sendo possível o julgamento do processo no estado em que se encontra, declaro-o saneado”, explicou o magistrado responsável.

Com a retomada do processo, houve determinação para que o Ministério Público se manifeste no prazo de 15 dias indicando as provas que pretende produzir.

Operação Arca de Noé

A Operação Arca de Noé foi deflagrada em 2002 pela Polícia Federal e desmantelou sistema financeiro à margem do oficial liderado pelo ex-bicheiro João Arcanjo Ribeiro. O então criminoso contava com o auxílio de políticos como os ex-deputados José Riva e Humberto Bosaipo. O objetivo era desviar dinheiro público por meio de empresas fantasmas e depois lavara quantias nas factorings de Arcanjo.

Ler Anterior

PGR é contra arquivar ação contra ex-deputado por formação de cartel

Leia em seguida

Mendes descarta privatização da Arena Pantanal: “Impossível”