Notícias de Última Hora :

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

Fonoaudióloga de Cuiabá alerta sobre limpeza de aparelhos auditivos no período de pandemia

O mundo é machista, mas quem mandam são elas

Gêmeos de Cuiabá são aprovados em três universidades federais

quinta-feira, 22 de outubro de 2020

Mendes descarta privatização da Arena Pantanal: “Impossível”

Estádio de futebol tem custo mensal aos cofres públicos de R$ 700 mil; obra foi feita para a Copa de 2014

O governador Mauro Mendes (DEM) descartou a possibilidade de privatizar a Arena Pantanal, em Cuiabá. Para o gestor, a ideia de concessão a iniciativa privada é “conversa mole”.

A ideia de privatização foi levantada no Governo Pedro Taques (PSDB), em 2015, visto que o estádio de futebol gera grandes gastos para os cofres públicos e dá pouco retorno. Atualmente, a Arena Pantanal tem custo mensal de R$ 700 milhões.

“Privatizar a Arena não é viável, tem que parar com essa conversa mole, vendendo ilusões. Quem vai privatizar isso aqui tendo apenas um time na série B do campeonato nacional? Impossível. O Governo está fazendo todo esforço para diminuir seus custos, para melhorar a infraestrutura”, disse o governador.

“Melhoramos muito esse ano. Vamos finalizar e entregar todos os setores em condições de recebermos grandes jogos que não estava, acontecendo”, completou.

Mendes esteve nesta sexta-feira (1º) na Arena Pantanal para a abertura do mutirão fiscal, que leva o nome de “Fecha Acordo”.

Investimento na arena

Conforme o governador, estão sendo realizados investimentos diversos na infraestrutura e na administração do estádio. Uma das últimas ações trata-se da troca do gramado de parte do local.

No início de outubro, aproximadamente 2 mil metros quadrados de grama na área próxima ao gol foram plantados, com serviço orçado em R$ 150 mil contratados pela Secretaria de Estado de Cultura.

“Em dezembro, teremos um grande evento na Arena para dar um sentido maior, que vai ser em breve divulgado à população. Temos muitas ações planejadas a partir do final do ano para tornar esse espaço público mais utilizado, para dar a sensação de que o dinheiro gasto não foi tão em vão”, afirmou Mendes.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Justiça retoma processo de R$ 1,3 mi contra Riva, Bosaipo e mais seis

Leia em seguida

Ciopaer resgata funcionário da Energisa que caiu de mirante