Notícias de Última Hora :

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

quarta-feira, 23 de junho de 2021

HMC é “última obra” do governo Temer; ex-presidente deve vir a Cuiabá

Empreendimento só entrou em ritmo acelerado após aporte de R$ 100 milhões na gestão do ex-presidente da República

A inauguração do novo HMC (Hospital e Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá), no próximo dia 18, marca também a entrega da última obra do governo do ex-presidente Michel Temer (MDB) e ele provavelmente virá para uma recepção que já estaria em produção pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB). A informação é da tradicional coluna Radar, da revista Veja, sob o título “Em Cuiabá, última obra de Michel Temer é entregue”.

“A última obra do governo Michel Temer será inaugurada em Cuiabá no próximo dia 18. Orçado em 100 milhões de reais, o novo hospital municipal da cidade contará com 315 leitos e a previsão é atender cerca de 35 mil pessoas por mês. Trata-se da primeira obra do programa federal Chave de Ouro, anunciado pelo então ministro Carlos Marun no ano passado, entregue totalmente concluída e em pleno funcionamento. Há um esforço para que o ex-presidente Michel Temer esteja presente no evento de inauguração, tocado pelo prefeito Emanuel Pinheiro”, escreveu o repórter Pedro Carvalho.

O novo pronto-socorro de Cuiabá começou a ser construído ainda na gestão do atual governador Mauro Mendes (DEM). Todavia, um problema envolvendo uma emenda federal de R$ 83 milhões para a compra e aquisição de equipamentos atrasou a obra.

Na ocasião, o então governador Pedro Taques (PSDB) usou estes recursos para custear a saúde pública no interior, especialmente pagamento às prefeituras, alegando que o HMC ainda não estava concluso. Taques se comprometeu a pagar esta emenda assim que a obra do novo pronto-socorro entrasse na reta final, o que acabou não ocorrendo.

O andamento da obra só entrou em ritmo mais acelerado no fim do ano passado, quando o Governo Federal liberou cerca de R$ 100 milhões, por meio do programa “Chave de Ouro”. Com isso, ainda no ano passado, o prefeito entregou a obra física.

O HMC entrou em funcionamento no 1º semestre deste ano. Ao todo, já foram cinco etapas liberadas. A última, com a abertura do setor de urgência e emergência, será justamente neste mês.

A expectativa é de que a entrega de 100% do HMC, que inclui ainda o novo pronto-socorro, melhore a situação da saúde pública na Capital e no Estado. Isso porque, na estrutura do atual pronto-socorro ainda seguirá funcionando a UTI infantil e uma reforma será realizada para a construção do HFam (Hospital da Família).

Ler Anterior

Chef cuiabano apresenta ingredientes de MT em competição

Leia em seguida

Janaina defende que Mauro tenha respeito com candidatura de Emanuel e com MDB