Notícias de Última Hora :

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

Fonoaudióloga de Cuiabá alerta sobre limpeza de aparelhos auditivos no período de pandemia

O mundo é machista, mas quem mandam são elas

Gêmeos de Cuiabá são aprovados em três universidades federais

quinta-feira, 22 de outubro de 2020

Jaime defende R$ 1 bi para MT e diz que FEX chega em dezembro

Ministro da Economia prometeu a senador que União repassa recursos até 20 de dezembro

O senador Jaime Campos (DEM) afirmou que o ministro Paulo Guedes prometeu repassar valores do FEX (Fundo Estadual de Auxílio à Exportação) até 20 de dezembro.

O recurso virá da parcela do megaleilão de campos de pré-sal, a ser realizado pelo Governo Federal. A expectativa é de que Mato Grosso arrecade R$ 665 milhões com a operação, que deve ocorrer no dia 6 de novembro.

“A promessa de Paulo Guedes é de que em 20 de dezembro eles liberem para nós. Vai pagar o FEX de 2019. Sobre 2018, não é que levou calote. Vai somar em um só. Mas ele não falou valores exatos”, explicou o senador.

O FEX é um recurso repassado pela União aos estados e municípios como uma forma de compensação pelas perdas com a Lei Kandir – que trata da isenção do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) nos produtos de exportação.

Anualmente, Mato Grosso deveria receber R$ 500 milhões. Mas desde 2018, os valores não são repassados.

Jaime defendeu que a União repasse para o Estado ao menos R$ 1 bilhão e não os R$ 665 milhões já confirmados.

“Na minha conta, teria que vir, no mínimo, R$ 1 bilhão. Porque quando liberou, na gestão do Pedro Taques, R$ 1,980 bilhão, coube a Mato Grosso R$ 500 milhões. Agora, serão liberados R$ 4 bilhões e imagino que Mato Grosso tenha direito a R$ 1 bilhão”, disse.

“Essa é minha conta, mas não posso afirmar, porque não sei qual o critério do Ministério da Economia. Mas até 20 de dezembro saberemos valores exatos”, afirmou.

 

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

José Medeiros pede a Moro que federalize caso Celso Daniel

Leia em seguida

Empresário é preso acusado de vender cabos furtados da Oi e Vivo