Notícias de Última Hora :

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

terça-feira, 24 de novembro de 2020

Condenado a mais de 100 anos, ex-cabo de MT é preso em SP

O ex-policial estava foragido desde o dia 6 de outubro; ele era monitorado pelo serviço de inteligência

Uma ação do Serviço de Inteligência da Polícia Militar de Mato Grosso, em conjunto com a PM de São Paulo, levou à captura do ex-cabo da Rotam, Helbert de França Silva, de 41 anos, que estava foragido da Justiça há um mês. A prisão ocorreu no início da tarde desta quarta-feira (6), em Diadema (SP).

O ex-cabo foi condenado a mais de 100 anos de prisão acusado de envolvimento em um grupo criminoso que cometeu homicídios no Estado. O grupo foi investigado na Operação Mercenários, deflagrada em 2016.

Ele teve decretada a perda do cargo público e estava preso no Batalhão da Rotam.

No momento da prisão, Helbert estava na casa de um parente, junto com a mulher. Os dois estavam de malas prontas, levantando suspeitas de que poderiam estar fugindo para outro local. Ao ser abordado, Helbert de França se apresentou com outro nome, usando a identidade do irmão.

Desde a data da fuga, em 6 de outubro, o Serviço de Inteligência estava empenhado no levantamento de informações e buscas com a finalidade de localizar o ex-policial.

Denúncia de que Helbert de França poderia ter deixado Mato Grosso em um carro locado ampliou as possibilidades de buscas e permitiu o monitoramento por sistemas de controle de circulação de veículos em rodovias.

Após cruzamento de dados, análises de vínculos e levantamento de outras informações, com apoio de outros órgãos, entre os quais a Polícia Federal, a Diretoria de Inteligência da PM chegou à conclusão de que ele poderia estar em Diadema.

A PM solicitou o apoio do Centro de Inteligência da Polícia Militar de São Paulo, indicando os locais onde o ex-cabo poderia estar escondido.

Julgamento

O ex-policial militar fugiu da Rotam 11 dias antes de ser mais uma vez julgado por mais um crime de homicídio, no Fórum de Cuiabá.

Em julho deste ano, o ex-militar já havia sido condenado a 75 anos de prisão pelo homicídio de três pessoas e mais uma tentativa contra uma quarta no dia 13 de abril de 2016, em Várzea Grande. O crime ficou conhecido como “Chacina do Cristo Rei”.

Em junho, o ex-cabo também já havia sido condenado a 30 anos  pela morte de Luciano Militão da Silva e por tentativa de homicídio contra Célia Regina da Silva.

 

 

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Receita apreende 91 quilos de cocaína em uma carga de café em aeroporto

Leia em seguida

Homem leva tiro no peito após discussão por cigarro com vizinho