Notícias de Última Hora :

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

Fonoaudióloga de Cuiabá alerta sobre limpeza de aparelhos auditivos no período de pandemia

O mundo é machista, mas quem mandam são elas

Gêmeos de Cuiabá são aprovados em três universidades federais

domingo, 25 de outubro de 2020

Prefeita arremata as 3 fazendas do ex-governador Silval Barbosa

A terceira etapa do leilão, que se encerrou na última sexta-feira (8)

A empresa Selo Verde Empreendimentos Imobiliários e Participações Ltda, que pertence à família da prefeita de Sinop, Rosana Martinelli (PL), arrematou, por R$ 36,1 milhões, as 3 fazendas do ex-governador de Mato Grosso, Silval Barbosa.

A terceira etapa do leilão, que se encerrou na última sexta-feira (8), tinha as fazendas Serra Dourada II, Lagoa Dourada e Lagoa Dourada I, situadas em Peixoto de Azevedo (691 Km ao norte de Cuiabá), em lote único com o valor mínimo de R$ 23 milhões, 50% da avaliação inicial que fixou os bens em R$ 46 milhões.

“Compramos porque achamos que era um bom negócio para a empresa da família. E é importante deixar claro que isso foi uma transação comercial particular da empresa da minha família. Isso não tem nada a ver com a minha vida pública”, disse a prefeita ao jornal A Gazeta.

Segundo Martinelli, o objetivo da empresa é utilizar as fazendas para plantio de soja, já que a família já vem atuando no ramo da agropecuária. O arremate ocorreu após 136 lances, sendo que a empresa da prefeita chegou a dar mais de 10 lances para cobrir o valor ofertado pelos demais concorrentes.

Para a aquisição das três áreas, a família da prefeita se desfez da Fazenda Santa Ana em Lucas do Rio Verde (354 Km ao norte de Cuiabá), para adquirir as fazendas do ex-governador.

“Estava em um preço bom e decidimos comprar com o recurso de uma propriedade que vendemos e vamos pagar as parcelas com esses recursos”, explicou. De acordo com a Justiça, os compradores terão até 60 meses, ou seja, 5 anos, para pagar os imóveis, além da entrada que ficou fixada em 15% do valor total.

Questionada sobre o risco da região, já que as áreas tiveram duas grandes invasões em 2017, logo após a homologação do acordo de delação de Silval e veiculação na mídia, a prefeita disse que as fazendas já foram desocupadas. “Nós compramos essas fazendas do Tribunal de Justiça. E eles garantiram que os imóveis estão desocupados, com escritura, tudo dentro da lei”, afirmou.

Os valores adquiridos nas 3 etapas do leilão dos bens do ex-governador Silval Barbosa serão encaminhados ao Fundo Penitenciário Estadual para utilização específica na reestruturação do sistema prisional, conforme determinou o juiz Leonardo Pitaluga, da Vara de Execução Penal.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Homem é condenado a 31 anos por feminicídio e ocultação de cadáver

Leia em seguida

Moradores de Chapada sofrem com falta de água há quase 1 mês