Notícias de Última Hora :

Dia do fonoaudiólogo: entenda a importância desse profissional no ambiente hospitalar

Profissionalismo e dedicação marcam 20 anos de profissão da fonoaudióloga Samia Ribeiro

Chapa 2 Integração protocola pedido para que profissionais da contabilidade tenham férias fiscais em MT

Adrenalina, desafios e diversão te esperam no Halloween da Escape60, em Cuiabá

Encontro automobilístico “Esperienza” supermáquinas entra para o calendário de eventos em Mato Grosso

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

segunda-feira, 17 de janeiro de 2022

Comissões aprovam e Câmara vota aumento de salário de prefeito

Texto também prevê um novo aumento para 2021, quando o salário passa a ser de R$ 32 mil

O projeto de lei de autoria da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores, que aumenta de R$ 23,6 mil para R$ 27,5 mil o salário do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) deve ser votado na sessão desta terça-feira (12).

Na última sexta-feira (8), o texto recebeu parecer favorável da Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária da Casa.

O presidente da comissão, vereador Marcelo Bussiki (PSB), foi contra a proposta, mas foi voto vencido pelos colegas Orivaldo da Farmácia (Progressistas) e Chico 2000 (PR).

Bussiki já adiantou, inclusive, que apresentará uma emenda ao projeto de lei para que o salário seja mantido no valor atual. A emenda, no entanto, deve ser rejeitada já que a base governista é maioria na Casa.

O projeto também já recebeu aval, por unanimidade, da Comissão de Constituição e Justiça.

Além de fixar os vencimentos do prefeito de forma imediata, o projeto também prevê um novo aumento para 2021, quando o salário passa a ser de R$ 32 mil.

Conforme o texto, ao menos por ora não haverá mudanças nos vencimentos do vice-prefeito e dos secretários municipais, que recebem R$ 15 mil e R$ 13,6, respectivamente.

Apenas a partir de 2021 é que os salários serão majorados para R$ 18 mil e R$ 15 mil, respectivamente.

Justificativa

Ao apresentar a proposta, o presidente da Câmara Misael Galvão (PSB) justificou que um dispositivo da Lei Orgânica do Município, que fixava o salário do prefeito em R$ 27 mil – pago até abril deste ano – foi declarado inconstitucional pelo Tribunal de Justiça (TJ-MT).

“O que resta salientar é que Município de Cuiabá está sem norma válida e eficaz para estipulação dos subsídios do prefeito, que é, por sua vez, em decorrência de mandamento constitucional, também o teto da remuneração dos demais servidores públicos”, diz trecho do projeto.

Desta forma, conforme o projeto, qualquer majoração feita neste momento, sem que haja um projeto de lei aprovado pela Câmara de Vereadores, ocorrerá “à margem do princípio da legalidade”.

“Por isso, faz-se imperioso que a Câmara Municipal apresente e vote com urgência a lei que fixe o salário do prefeito, definindo também o valor do teto das remunerações dos demais agentes públicos”, acrescenta o texto.

O aumento do salário do prefeito é uma reivindicação de sindicatos que reúnem auditores da Prefeitura, já que os vencimentos do chefe do Executivo é o teto do municipalismo cuiabano. Caso seu subsídio seja elevado, o dos servidores também podem ser.

Ler Anterior

Emenda de Jayme e Emanuelzinho destina R$ 790 milhões para o VLT

Leia em seguida

Mulher morre estrangulada após cachecol prender em batedeira