Notícias de Última Hora :

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

Fonoaudióloga de Cuiabá alerta sobre limpeza de aparelhos auditivos no período de pandemia

O mundo é machista, mas quem mandam são elas

Gêmeos de Cuiabá são aprovados em três universidades federais

quinta-feira, 22 de outubro de 2020

Empresário oferece “cafezinho” a PMs em abordagem e é preso

Homem ofereceu R$ 60 para ser liberado pela Polícia Militar; ele foi autuado por corrupção ativa

Um empresário identificado pelas iniciais R.M.T., de 39 anos, foi preso na noite desta quarta-feira (13) após tentar subornar policiais militares durante uma abordagem no Bairro Jardim Potiguar, região do “Zero km”, em Várzea Grande.

Segundo consta no boletim de ocorrência, o empresário dirigia um veículo Honda Fit preto, quando foi abordado.

Ao ser solicitada a documentação do carro, o homem ofereceu uma quantia de R$ 60 para que os policiais o deixassem ir embora. “Não tenho a documentação, porém toma este cafezinho [dinheiro] aqui para ficarem tranqüilos”, diz trecho do BO.

Neste momento ele recebeu voz de prisão por corrupção ativa e foi algemado e passou a ameaçar os policiais dizendo ser empresário e que não iria deixar barato.

A PM também pediu para que ele fizesse o teste do bafômetro, mas ele se recusou.

O homem foi encaminhado para a Central de Flagrantes da cidade, onde foi constatado que realmente o veículo estava em seu nome e devidamente licenciado. Ele, no entanto, não portava a documentação no momento da abordagem.

Ele foi autuado por corrupção ativa, ameaça e conduzir veículo sob a influência de substância psicoativa.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Jovens de 18 e 20 anos são executados a tiros e pauladas em MT

Leia em seguida

Sem reforma, MT terá que elevar ICMS da energia e combustível