Notícias de Última Hora :

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

Fonoaudióloga de Cuiabá alerta sobre limpeza de aparelhos auditivos no período de pandemia

O mundo é machista, mas quem mandam são elas

Gêmeos de Cuiabá são aprovados em três universidades federais

domingo, 25 de outubro de 2020

Escola de Saúde capacita 500 agentes comunitários de Cuiabá

A meta é atualizar conhecimento dos profissionais e fortalecer as estratégias de atendimento dos profissionais que atuam diretamente com a comunidade no cuidado e promoção à saúde

Cerca de 500 agentes comunitários de saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá participaram nesta terça-feira (19.11), no Auditório do Cine Teatro Cuiabá, da aula inaugural do curso introdutório do processo de trabalho e pensamentos das práticas na prestação de serviços à comunidade.

A capacitação faz parte das ações de qualificação da Escola de Saúde Pública (ESP-MT), instituição de ensino da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), que atua na formação de profissionais da área.

O curso foi dividido em três módulos e, após a aula inaugural, os agentes comunitários participarão da fase de introdução, que possui uma carga horária de 40 horas-aula, seguidas de mais 1.200 horas de aulas teóricas e 200 horas de aulas para os exercícios da prática.

A capacitação foi ministrada pelo professor e doutor Ricardo Ceccim, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), que dialogou com os participantes sobre os processos de trabalho dos profissionais para atuarem com equipes multiprofissionais, que desenvolvem ações de cuidado e promoção à saúde.

A abertura oficial do curso contou com a participação do secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, que destacou a importância da qualificação dos agentes“Essa capacitação é um marco histórico na Escola de Saúde Pública, pois esses profissionais estão, praticamente, há nove anos sem formação continuada. Esse curso faz parte das ações de trabalho do Governo, que tem o objetivo de intensificar as ações de qualificação profissional da saúde, não apenas dos agentes, mas de outras áreas”.

Além disso, o secretário destacou que ações serão realizadas para “injetar os recursos necessários para que Escola de Saúde possa ampliar de forma significativa capacitação para melhoria e competência técnica dos profissionais da atenção municipal de saúde”.

De acordo com o representante dos profissionais, Germanio de Araújo, a oferta de um curso para atualização do conhecimento vai proporcionar qualidade na prestação dos atendimentos ao cidadão.

“Estamos há mais de nove anos sem curso de capacitação pela Escola de Saúde, essa gestão está dando a devida atenção aos servidores ao promover essa oportunidade de atualização do conhecimento. Esse curso representa qualidade no serviço que vamos prestar ao cidadão, pois essa capacitação vai ensinar princípios básicos, como abordar a população, criança e idosos”, destacou Araújo.

A diretora da ESP-MT, Silvia Aparecida Tomaz, enfatizou que o trabalho realizado pelos profissionais dessa área é muito importante, pois eles têm o primeiro contato com o cidadão na comunidade e “faz uma interlocução direta, fortalecendo a atenção básica de saúde”.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Maia quer votação de pacote anticrime na Câmara na próxima semana

Leia em seguida

PM encontra no interior jovem que sumiu há 2 meses em Cuiabá