Notícias de Última Hora :

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

Fonoaudióloga de Cuiabá alerta sobre limpeza de aparelhos auditivos no período de pandemia

O mundo é machista, mas quem mandam são elas

Gêmeos de Cuiabá são aprovados em três universidades federais

domingo, 25 de outubro de 2020

Flamengo vira nos acréscimos e é campeão da Libertadores

Gabigol marcou duas vezes no final do jogo e garantiu o bicampeonato para o time brasileiro

O Flamengo é o campeão da Copa Libertadores de 2019. A equipe rubro-negra, dona do futebol brasileiro na atual temporada, conquistou neste sábado (23) a América. Os brasileiros venceram o River Plate de virada por 2 a 1, com dois gols de Gabigol anotados aos 43 e aos 46 minutos do segundo tempo.

O Flamengo, assim, volta a conquistar a América após exatos 38 anos. Foi justamente em 23 de novembro de 1981, em sua primeira e até então única final do torneio, que o Rubro-Negro, estrelado pelo craque Zico, vencia o Cobreloa por 2 a 0, em Montevidéu, no Uruguai, e levantava assim a taça da Libertadores.

wdAinda que não entre em campo, o Flamengo tem nova chance de ser campeão amanhã. Líder isolado do Campeonato Brasileiro com 13 pontos de vantagem para o segundo colocado, o Rubro-Negro confirma o título nacional caso o Palmeiras não vença o Grêmio, em jogo marcado para as 16h deste domingo, no Allianz Parque.

O Flamengo começou a decisão com maior intensidade, marcando alto e povoando o campo de defesa adversário. Gol mesmo, entretanto, quem marcou primeiro foi o River Plate logo aos 14 minutos. Nacho Fernández recebeu pela direita e cruzou rasteiro antes da chegada de Filipe Luís. A principal falha defensiva no lance foi a indecisão entre Arão e Gerson sobre quem cortaria a bola. No fim, ela passou ilesa até encontrar os pés de Borré. O colombiano bateu colocado, também rasteiro, para abrir o placar.

A partir de então, o River Plate tomou conta do jogo. O cenário se manteve, ainda que com mais equilíbrio, no segundo tempo. Aos 11 minutos da etapa final, porém, o Flamengo teve chance rara para empatar: após chute de Gabigol rebatido em De la Cruz, Everton Ribeiro, livre de marcação, bateu para grande defesa de Armani.

 

A virada estava mesmo guardada para o apagar das luzes. Aos 43 minutos, Gabriel aproveitou arremate cruzado de Arrascaeta para empatar a decisão e virou herói do bicampeonato rubro-negro ao marcar o segundo aos 46 minutos.

 

FLAMENGO

Diego Alves, Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão (Vitinho), Gerson (Diego), De Arrascaeta (Piris da Motta) e Everton Ribeiro; Bruno Henrique e Gabigol.

Técnico: Jorge Jesus

 

RIVER PLATE

Armani, Montiel, Quarta, Pinola e Casco (Paulo Díaz); Enzo Pérez, Nacho Fernández (Julián Álvarez), Palacios e De la Cruz; Borré (Lucas Pratto) e Matías Suárez.
Técnico: Marcelo Gallardo

 

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 2 X 1 RIVER PLATE

Árbitro: Roberto Tobar (CHI)
Assistentes: Christian Schiemann (CHI) e Claudio Rios (CHI)
VAR: Esteban Ostojich (URU)
Cartões amarelos: Pablo Marí e Rafinha (Flamengo); Casco, Suárez e Enzo Pérez (River Plate)
Cartões vermelhos: Palacios e Gabriel
Gols: Borré (River), aos 14 minutos do primeiro tempo; Gabigol (FLAMENGO), aos 43 e aos 46 minutos do segundo tempo.

 

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Doação de órgãos de Gugu deve beneficiar 50 pacientes

Leia em seguida

Três Barras passa a contar com Centro de Apoio Familiar