Notícias de Última Hora :

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

Fonoaudióloga de Cuiabá alerta sobre limpeza de aparelhos auditivos no período de pandemia

O mundo é machista, mas quem mandam são elas

Gêmeos de Cuiabá são aprovados em três universidades federais

quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Juiz arquiva inquérito contra secretário por suposta ameaça à ex

Servidora pública havia registrado boletim de ocorrência contra Basílio Bezerra em junho deste ano

A Justiça arquivou o inquérito policial que investigava uma suposta ameaça feita pelo secretário de Estado Gestão Basílio Bezerra contra a sua ex-esposa, a servidora pública P.M.A.

A decisão, de segunda-feira (25), é assinada pelo juiz Jeverson Luiz Quinteiro, da Segunda Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher.

Em junho deste ano, a servidora registrou um boletim de ocorrência na Delegacia de Defesa da Mulher de Cuiabá, alegando que Basílio a teria ameaçado de morte depois da separação do casal. O secretário negou o crime à época.

O magistrado acolheu um pedido do Ministério Público Estadual (MPE), que alegou falta de provas.

“Apregoa o MP, em epítome, que diante da ausência de elementos probatórios capazes de configurar o crime em apreço, em face da ausência de justa causa, o MP está impossibilitado de descrever os acontecimentos de forma segura visando deflagrar e fazer com que o suposto ofensor suporte uma ação penal”, consta em decisão juiz.

“Por isso, em consonância com os fundamentos retro-expendidos, acolho o parecer ministerial e, por corolário, determino o arquivamento dos autos”, escreveu o magistrado.

 

O boletim de ocorrência

 

Segundo a mulher relatou no boletim de ocorrência à época, o casal manteve um relacionamento de oito anos. E após o anúncio da separação, Basílio teria a ameaçado de morte, bem como a pessoas de sua família.

 

No documento registrado pela mulher, ainda constava que Basílio também a teria difamado e injuriado, tendo inclusive ameaçado contar para seu atual companheiro detalhes da vida íntima dela.

 

“Relata a vítima que durante todo o relacionamento o suspeito sempre se apresentou como uma pessoa violenta e ciumenta, que após a separação em detrimento da disputa de bens do casal, o suspeito externou comportamento contra a vítima extremamente desagradável, vindo a realizar por diversas vezes ameaça contra a pessoa da vítima e de membros de sua família”, consta no B.O.

 

Todas as acusações foram negadas pelo secretário.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Sérgio Ricardo e mais 6 são acionados por prejuízo de R$ 37 mi

Leia em seguida

Policial civil aposentada atira em ladrão após ter chácara invadida