Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

Casal é preso suspeito de matar jovem e jogar corpo em trilha

Corpo foi encontrado em área de mata em Barra do Garças; na delegacia, eles confessaram o homicídio

A Polícia Civil prendeu, nessa terça-feira (26), um casal suspeito de assassinar e ocultarem o corpo do jovem João Paulo Souza Rosa, de 23 anos, em Barra do Garças (a 509 km de Cuiabá), no início deste mês.

F.L.S., de 43 anos, e a sua companheira, M.A.F., de 29 anos, tiveram as ordens judiciais de prisão decretadas pela Justiça e devem responder pelos crimes de homicício e ocultação de cadáver.

As investigações iniciaram no dia 9 de novembro, após registro do desaparecimento do rapaz. Conforme os pais da vítima, João Paulo foi visto pela última vez na região das cachoeiras Pé de Serra e da Usina.

O corpo do jovem foi encontrado três dias depois, em uma área de mata de difícil acesso, perto de uma trilha nas proximidades das cachoeiras, um dos pontos turísticos da cidade.

De acordo com o delegado Heródoto Fontenele, o que motivou o crime foi vingança por questão passional (a vítima apenas conhecia a suspeita M.A.F.).

Segundo a polícia, o casal planejou uma “emboscada” para executar a vítima. M.A.F. marcou um encontro com João Paulo para que ele fosse até um local previamente escolhido, onde foi simulado um roubo.

A vítima foi morta por asfixia, após um golpe conhecido como “mata-leão”. Em seguida, com a intenção de ocultar o corpo e simular um acidente – ou até mesmo suicídio -, os suspeitos jogaram o corpo do jovem em um local de difícil acesso, a uma altura de cerca de 17 metros.

Conduzidos para 1ª Delegacia de Polícia de Barra do Garças, ambos foram interrogados e confessaram o crime.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

MPF denuncia índios por morte de dupla que não pagou “pedágio”

Leia em seguida

PM encontra menor grávida dormindo na rua ao lado de cães