Notícias de Última Hora :

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

sábado, 23 de janeiro de 2021

MT arrecada R$ 15,9 bi até outubro e fica distante de atingir meta

Governo ainda espera atingir previsão de R$ 19,2 bilhões em receitas para diminuir previsão de rombo

O Governo do Estado arrecadou R$ 15,904 bilhões de janeiro a outubro de 2019. Os dados fazem parte do relatório da execução orçamentária divulgado nesta sexta-feira (29) no Diário Oficial.

A previsão do Executivo era arrecadar até R$ 19,220 bilhões até dezembro. Para atingir a meta, o Executivo precisaria ter uma arrecadação mensal de R$ 1,6 bilhão. Entretanto, com o arrecadado até o momento, a média tem sido de R$ 1,5 bilhão.

Segundo apurou a reportagem, o Governo ainda espera atingir a meta até o final de dezembro. Isso porque o último mês do ano é de altas vendas no comércio, o que eleva a arrecadação.

Ainda de acordo com o relatório, o Governo já realizou despesas de R$ 16 bilhões até outubro deste ano.

A previsão é de concluir o ano com um gasto de R$ 20,9 bilhões, deixando um déficit de quase R$ 600 milhões. Caso o Executivo não atinja a meta de arrecadação, o rombo pode ser ainda maior.

Até outubro, a maior despesa havia sido com folha salarial. Foram R$ 9,2 bilhões com pessoal e encargos sociais.

Por conta do déficit previsto desde o final do ano passado, o governador Mauro Mendes (DEM) vem adotando uma série de medidas de contenção de gastos. Ele não liberou o pagamento da Revisão Geral Anual (RGA) dos servidores públicos e nem um aumento real, previsto em lei, para profissionais da Educação.

Além disso, aumento o imposto para produtores que contribuem com o Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) e reviu a política de incentivos fiscais.

 

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Polícia prende irmãos que atuavam no tráfico em bairro de Cuiabá

Leia em seguida

Elefanta Lady chega em santuário de Chapada dos Guimarães