Notícias de Última Hora :

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

Fonoaudióloga de Cuiabá alerta sobre limpeza de aparelhos auditivos no período de pandemia

O mundo é machista, mas quem mandam são elas

Gêmeos de Cuiabá são aprovados em três universidades federais

domingo, 25 de outubro de 2020

Presidente Bolsonaro recua e revoga licitação que excluía a Folha de São Paulo

presidente Jair Bolsonaro recuou da decisão de manter o jornal Folha de São Paulo de fora de uma licitação do governo federal. A revogação do edital, que excluía a publicação da licitação de acesso digital a jornais e revistas, foi publicada nesta sexta-feira (6) no Diário Oficial da União (DOU).

O edital previa 438 assinaturas digitais de 24 jornais e 198 assinaturas de 10 revistas, somando um valor de R$194.393.64,00 Na lista, vinham registrados veículos de todo país e alguns veículos internacionais, mas não a Folha de São Paulo.

A exclusão foi vista como um ataque oficial à Folha e à imprensa. Um dia após a publicação do edital, por exemplo, o presidente afirmou que boicotaria produtos dos anunciantes do jornal.

A revogação do edital foi anunciada após o presidente receber críticas de entidades e juristas.

 

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Homem é preso após matar mulher e comer cérebro dela com arroz

Leia em seguida

Assembleia confirma 20 feriados e pontos facultativos para 2020; confira e programe-se!