Notícias de Última Hora :

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

Fonoaudióloga de Cuiabá alerta sobre limpeza de aparelhos auditivos no período de pandemia

O mundo é machista, mas quem mandam são elas

Gêmeos de Cuiabá são aprovados em três universidades federais

domingo, 25 de outubro de 2020

Acusado de matar empresário, lutador de MMA é preso em Cuiabá

Crime ocorreu no último dia 9 de dezembro no Pará; ele estava foragido desde o dia do homicídio

A Polícia Civil prendeu o lutador de MMA (artes marciais mistas) Antônio Magno Lima Pereira, de 33 anos, no Bairro Terra Nova, em Cuiabá. Ele é acusado de ter matado um empresário identificado como Eurivaldo Alves Mariano, em uma região de garimpo no Pará.

Conhecido como “Cricri”, Antônio Magno estava com a ordem judicial de prisão decretada pela Justiça do Pará. Ele  é conhecido no mundo do esporte, tendo já participado de lutas importante no Brasil, Estados Unidos e Japão.

O crime aconteceu na dia 9 de dezembro. A vítima foi morta por um disparo de arma de fogo no abdômen e outro na cabeça, sendo seu corpo encontrado enterrado nas proximidades do Garimpo Boa Esperança.

 

O homicídio decorreu de uma discussão entre a vítima e o suspeito, por disputa de terras para exploração do local.

 

Após praticar o crime, Antonio Magno teria fugido para Mato Grosso, carregando o aparelho celular da vítima.

Ainda no período em que o empresário esteve “desaparecido”, o suspeito utilizou o celular da vítima para pedir dinheiro à esposa e amigos, se passando pelo empresário, sempre dizendo que estava com problemas e que precisava levantar recursos.

Porém a família desconfiou que não era o empresário quem enviava as mensagens, pois os textos eram escritos com erros de português, e não eram compatíveis com a forma das mensagens que o empresário costumava enviar.

Durante investigação e identificação do autor, também foi descoberto que ele havia fugido para Mato Grosso. Após informações repassadas por policiais do Pará a colegas mato-grossenses, os investigadores passaram a procurar o investigado em Cuiabá.

Com base nas informações, os policiais civis realizaram um trabalho de campo e surpreenderam Antonio Magno em uma residência no Terra Nova.

Em cumprimento ao pedido de prisão, o suspeito foi detido e conduzido para a Polinter. Em seguida foi apresentado para audiência de custódia e colocado à disposição da Justiça.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Amalgama dental, um veneno silencioso

Leia em seguida

Jovem é preso após agredir a mãe com socos e chutes em VG