Notícias de Última Hora :

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

segunda-feira, 20 de setembro de 2021

Janaina quer prazo maior para discutir reforma da Previdência

Presidente da AL quer medida aprovada nesta semana, mas deputada prevê votação até fevereiro

A vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputada Janaina Riva (MDB), disse não ver condições de os parlamentares concluírem ainda nesta semana a votação do projeto de lei complementar, enviado pelo governador Mauro Mendes (DEM), que eleva a alíquota de contribuição do servidor com a Previdência de 11% para 14%.

A medida é a primeira parte da reforma previdenciária a ser executada pelo democrata em Mato Grosso. O objetivo é evitar que o rombo de 2019, de R$ 1,3 bilhão, se torne R$ 30 bilhões até 2029. Mesmo com as alterações, haverá um déficit de R$ 6 bilhões daqui a 10 anos.

Segundo Janaina, entre os 24 parlamentares ao menos oito são servidores públicos. Para ela, o grupo deverá usar de suas prerrogativas para ouvir os seus sindicatos.

 

“Tem oito deputados que são servidores públicos. Cada um quer ouvir sua categoria. Então, não tem como votar isso em uma semana. Acho que não. O [Eduardo] Botelho [presidente do Legislativo] queria até semana que vem, mas acho que não, porque queremos respeitar as opiniões divergentes. Dar tempo hábil para todos fazerem seus estudos”, disse ela ao MidiaNews.

O pedido de conclusão da votação ainda nesta semana foi feita pelo presidente do Legislativo. Isso porque esta é a última semana de trabalhos da casa em 2019.

Os parlamentares devem retornar ao Legislativo somente na segunda semana de janeiro de 2020.

Janaina disse entender a preocupação de Botelho, mas afirmou que há um longo prazo para que a proposta seja aprovada.

Segundo uma portaria do Governo Federal, estados e municípios terão até o dia 31 de julho de 2020 para elevar suas alíquotas para 14% caso apresentem déficit atuarial, como Mato Grosso.

“Claro que entendo a preocupação do Botelho de a questão se delongar demais. Mas como temos um prazo de julho, se começar a votar a partir desta semana, podemos terminar até fevereiro”, completou.

Ler Anterior

MT Escola de Teatro abre 50 vagas para curso de tecnologia em teatro

Leia em seguida

Salesianos são homenageados na Câmara Municipal de Cuiabá