Notícias de Última Hora :

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

Fonoaudióloga de Cuiabá alerta sobre limpeza de aparelhos auditivos no período de pandemia

O mundo é machista, mas quem mandam são elas

Gêmeos de Cuiabá são aprovados em três universidades federais

segunda-feira, 19 de outubro de 2020

Vigia é morto com tiro na cabeça em obra de hospital na Capital

Carro de vítima não foi encontrado, o que levanta a suspeita de roubo seguido de morte

Um vigilante identificado como Agner Gonzales Correa, de 38 anos, foi assassinado com um tiro na cabeça, nas obras do prédio onde vai funcionar o novo Hospital Universitário Julio Muller, na Rodovia Palmiro Paes de Barros, em Cuiabá.

De acordo com a Polícia Civil, o crime ocorreu ainda na noite de ontem (17), mas o corpo foi encontrado hoje por volta das 6h20.

Uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegou a ser acionada e constatou a morte de Agner.

No entanto, nenhum suspeito de cometer o crime foi identificado ou preso até o momento.

O carro do vigilante não foi encontrado no local, o que indica que ele possa ter sido vítima de latrocínio (roubo seguido de morte).

No entanto, nenhuma linha de investigação foi descartada. Um inquérito deve ser instaurado para investigar o crime.

As obras do Hospital Júlio Muller estão paradas desde 2012 e sua retomada foi anunciada há cerca de um mês pelo governador Mauro Mendes.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Witzel compara Bolsonaro ao ‘maluco lá da Venezuela’ e critica Guedes e o neoliberalismo

Leia em seguida

Menino vê mãe ser esfaqueada e aciona PM: “Por favor, me ajuda”