Notícias de Última Hora :

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

Fonoaudióloga de Cuiabá alerta sobre limpeza de aparelhos auditivos no período de pandemia

O mundo é machista, mas quem mandam são elas

Gêmeos de Cuiabá são aprovados em três universidades federais

quarta-feira, 21 de outubro de 2020

Ex-PM é acusado de matar menor que se relacionava com sua ex

Além dele, outras duas pessoas foram presas; a Polícia identificou um quarto envolvido

Três pessoas envolvidas no homicídio que vitimou um adolescente no ano de 2016, na Capital, tiveram mandados de prisão cumpridos pela Polícia Civil, na quarta-feira (18), em trabalho realizado pela Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).

Apontado como mandante do crime, o ex-policial militar P.O. teve a ordem de prisão cumprida na Cadeia Pública da Santo Antonio do Leverger (34 km a Leste da Capital), onde já estava detido.

Os outros dois presos, E.D., que seria o executor, e O.C., o suposto contratante, foram presos por força de mandado de prisão temporária na cidade de Nova Mutum (264 km ao Norte de Cuiabá).

Um quarto suspeito também teve a participação identificada no crime, confirmando as informações levantadas durante as investigações.

O homicídio ocorreu no dia 29 de novembro de 2016, em uma oficina no Bairro Verdão, em Cuiabá. A vítima, um menor de 17 anos, namorava com uma mulher que era casada e estava em fase de separação do marido.

Ao descobrir o relacionamento, P.O teria planejado o crime e, para isso, contou com apoio do seu primo O.C., morador de Noa Mutum, que ajudou na contratação do executor. Os suspeitos vieram duas vezes a Cuiabá, a primeira para monitorar a vítima e a segunda para quando praticaram o homicídio.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Atleta cuiabano é destaque na maior premiação do esporte brasileiro

Leia em seguida

CGE quer que TJ informe sobre servidoras vítimas de violência