Notícias de Última Hora :

Atleta olímpico participa de jogo de fuga em Cuiabá

Dia do fonoaudiólogo: entenda a importância desse profissional no ambiente hospitalar

Profissionalismo e dedicação marcam 20 anos de profissão da fonoaudióloga Samia Ribeiro

Chapa 2 Integração protocola pedido para que profissionais da contabilidade tenham férias fiscais em MT

Adrenalina, desafios e diversão te esperam no Halloween da Escape60, em Cuiabá

Encontro automobilístico “Esperienza” supermáquinas entra para o calendário de eventos em Mato Grosso

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

sexta-feira, 21 de janeiro de 2022

Janaina diz que Taques continua “arrogante” e foi pior que Silval

Comissão de Orçamento deu parecer pelas reprovação das contas; Parlamento vota apenas em 2020

A deputada estadual Janaina Riva (MDB) afirmou, durante a sessão plenária da manhã desta quarta-feira (18), que o ex-governador Pedro Taques (PSDB) não “apreendeu nada” com as derrotas que vieram após sua gestão.

Janaina deu parecer para reprovação das contas de governo de Taques, para o ano de 2018. O parecer foi acatado pela Comissão de Fiscalização e acompanhamento da Execução Orçamentária em reunião na quarta-feira (18) e encaminhado ao plenário.

“Para vocês verem o tamanho da arrogância dele, ele teve a ousadia de dar uma entrevista dizendo que eu tenho ódio e algo pessoal contra ele, e que eu precisaria de psiquiatria. Isso demonstra que ele não aprendeu nada com as derrotas que a vida lhe impôs”, afirmou a deputada (veja o vídeo abaixo).

 

“Ele não aprendeu a ser humilde, a respeitar os deputados. Carregou para o túmulo político, junto com ele, 14 deputados estaduais. Foram juntos com ele para o caixão, ostracismo. Por conta da condução falha, da falta de habilidade, de diálogo, e por sempre por tratar as pessoas com ameaça, chantagens”, completou.

Taques, amargou em terceiro lugar na eleição de 2018, com 18,99% dos votos , perdendo para o senador Wellington Fagundes (PR) 19,57% e do governador Mauro Mendes (DEM), que venceu as eleições com 58,69%.

 

Ilegibilidade

 

As contas do governador serão votadas pelo 24 parlamentares no início de 2020. Caso os deputados votem pela reprovação das contas, Taques pode se tornar inelegível.

 

Janaina afirmou que, caso fosse possível ela abriria mão dessa opção. Pois, para ela, a população o tornou inviável politicamente.

 

“Se pudesse, eu abriria mão da inelegibilidade que esse processo acarreta. Porque a inelegibilidade do Pedro Taques não foi eu que dei. Quem deu foi ele próprio quando fez uma gestão pífia, falha e vergonhosa”.

 

“A inelegibilidade esqueça que quem dá é a Justiça, quem dá é o eleitor. Quando o político é ruim, ele fica inelegível pela população.[…] O que vai deixar ele inelegível, não é a reprovação de contas, é a postura que teve como gestor. Ficando marcado na história de Mato Grosso como pior governador que o Estado já teve”, completou.

 

A deputada ainda avaliou que as contas do governo Taques tem mais apontamentos que as do ex-governador Silval Barbosa – marcado por diversos escândalos de desvios de recursos públicos e corrupção.

 

“As contas que estão sendo analisadas são piores que as contas do ex-governador Silval Barbosa. Alias, eu até acredito que os jovens deputados – que assumiram mandato agora – que eles deveriam ter um pouco mais de prazo para analisar como for feito esse relatório”, disse.

Ler Anterior

Bolsonaro: suspeita sobre filho Flávio são “pequenos problemas”

Leia em seguida

Atleta cuiabano é destaque na maior premiação do esporte brasileiro