Notícias de Última Hora :

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

quinta-feira, 26 de novembro de 2020

Câmara de VG exonera 2 servidores ligados a quadrilha de traficantes

Um dos alvos da operação é o vereador Jânio Calistro, que está preso

A Câmara Municipal de Várzea Grande exonerou o servidor Enivaldo Barbosa da Silva, preso durante a operação Cleanup, deflagrada no último dia 19 pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE). O ato foi publicado na segunda-feira passada, dia 23.

Nomeado desde fevereiro de 2017 com salário de R$ 1 mil na função de assessor no gabinete do vereador Ícaro Reveles (sem parido), o servidor foi acusado pela DRE de envolvimento com uma quadrilha de traficantes de Várzea Grande.

Também foi exonerada, na terça-feira (24), a servidora Elaine Missias Fortunato, que recebia o salário de R$ 1,1 mil como assessora especial.

 

Ela é esposa de Lauriano Cruz, o Coró, suspeito de liderar um grupo de traficantes na cidade e que se encontra foragido, conforme a DRE.

 

Elaine estava lotada desde o último mês de agosto no gabinete do vereador Jânio Calistro (PSD), que foi preso na Operação Cleanup, suspeito de estar associado ao grupo criminoso, responsável pelo controle do tráfico de drogas em Várzea Grande.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Câmara aprova projeto e região do CPA deve ganhar cemitério

Leia em seguida

Comportamento imprevisível de Bolsonaro preocupa seguranças