Notícias de Última Hora :

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

Fonoaudióloga de Cuiabá alerta sobre limpeza de aparelhos auditivos no período de pandemia

O mundo é machista, mas quem mandam são elas

Gêmeos de Cuiabá são aprovados em três universidades federais

sábado, 31 de outubro de 2020

Saúde diz que repassou R$ 305 milhões a municípios em 2019

Montante é relativo exclusivamente à competência de 2019, não incluindo restos a pagar

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) encerrou o ano de 2019 com os repasses do atual exercício em dia.

Entre janeiro e dezembro do ano passado, aproximadamente, R$ 305 milhões foram destinados aos municípios de Mato Grosso; o montante é relativo exclusivamente à competência do ano vigente, logo, não inclui os valores de restos a pagar.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, foi possível o pagamento praticamente imediato de recursos do mês de dezembro.

“A atual gestão repassou os recursos de dezembro durante a vigência do último mês do ano – isto é, não deixamos para pagar em janeiro de 2020. A regularidade da transferência de recursos aos municípios foi preponderante para melhorar a resolutividade da saúde no interior do Estado. Além disso, os Hospitais Regionais estão supridos e estamos com canteiro de obras em praticamente todas as unidades hospitalares geridas pelo Governo do Estado”, avaliou o gestor.

Os R$ 305 milhões são provenientes de 13 programas vigentes na Saúde de Mato Grosso. Os programas englobam as seguintes áreas: a Atenção Primária, Regionalização, Farmácia Básica, Média e Alta Complexidades, Hanseníase, Saúde Mental, as Unidades de Pronto Atendimento, Unidades Filantrópicas, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), o serviço de Toracotomia e os Consórcios Intermunicipais.

 

Além de honrar os compromissos firmados para o ano de 2019 e de investir na infraestrutura das unidades de Saúde, a atual gestão estadual ainda repassou o montante de R$ 102 milhões às gestões municipais; o valor é relativo à dívida contraída em 2018.

 

“Temos uma avaliação, no nosso entendimento, positiva. A Saúde iniciou o ano com extrema dificuldade, com uma dívida na casa dos R$ 600 milhões e inadimplência com todos os fornecedores e municípios. Hoje o cenário já é bem diferente, basta dizer que nós pagamos os recursos do mês de dezembro durante a vigência do mês de dezembro. Fechamos 2019 com chave de ouro”, concluiu Gilberto Figueiredo.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Bolsonaro aumenta salário mínimo de R$ 998 para R$ 1.039

Leia em seguida

Em 2020, brasileiros vão eleger prefeitos, vice-prefeitos e vereadores