Notícias de Última Hora :

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

Fonoaudióloga de Cuiabá alerta sobre limpeza de aparelhos auditivos no período de pandemia

O mundo é machista, mas quem mandam são elas

Gêmeos de Cuiabá são aprovados em três universidades federais

quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Emanuel diz que vai processar servidora e Abílio por farsa

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), declarou que irá processar a servidora pública Elizabete Maria de Almeida, por ter inventado a história de que o gestor estava comprando votos para a cassação do vereador Abílio Júnior (PSC), que está sendo julgado pela Comissão de Ética na Câmara.

Durante seu depoimento à Delegacia de Combate aos Crimes de Corrupção (Deccor), a servidora do Hospital São Benedito admitiu ter participado do esquema elaborado por Abílio contra o prefeito, que tinha como objetivo sujar a imagem de Emanuel.

Sendo assim, a funcionária pública será processada por injúria, calúnia e difamação, crimes contra a honra determinados pelo Código Penal. As penas para as infrações chegam até um ano, além do pagamento de multa.

Além disso, os advogados de Emanuel afirmam que Abílio também será processado pela armação. O processo deve interferir na situação do vereador na Comissão de Ética, pois o depoimento da servidora confirma que o parlamentar está envolvido na farsa.

fonte muvuca

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Exposição desnecessária!

Leia em seguida

Homem liga para vítima, pede senha do iCloud e é preso por iPhone furtado