Notícias de Última Hora :

Atleta olímpico participa de jogo de fuga em Cuiabá

Dia do fonoaudiólogo: entenda a importância desse profissional no ambiente hospitalar

Profissionalismo e dedicação marcam 20 anos de profissão da fonoaudióloga Samia Ribeiro

Chapa 2 Integração protocola pedido para que profissionais da contabilidade tenham férias fiscais em MT

Adrenalina, desafios e diversão te esperam no Halloween da Escape60, em Cuiabá

Encontro automobilístico “Esperienza” supermáquinas entra para o calendário de eventos em Mato Grosso

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

sexta-feira, 21 de janeiro de 2022

Vereadores destinam emenda de R$ 1 milhão à educação de estudantes com deficiência

Os vereadores de Cuiabá decidiram não apresentar emendas individuais a Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2020, para propôr uma emenda coletiva em prol dos portadores de dislexia, deficiência, assim como aqueles com transtornos globais do desenvolvimento na educação.
No total, foram destinados R$ 1,5 milhão para qualificação e ampliação do atendimento da educação inclusiva dessas pessoas.
O recurso é oriundo de remanejamento orçamentário e foi retirado da Secretaria de Comunicação, em que seria investido em divulgações institucionais.
A emenda foi assinada pelos 25 vereadores e atende a um pleito da Associação Mato-Grossense de Dislexia. Segundo a Associação, as dificuldades de aprendizagem dos estudantes portadores destes transtornos, são perceptíveis na rede de ensino, pois é recorrente a desatenção, alterações do comportamento e complexidade compreensão do texto lido e da linguagem matemática por eles.
A dislexia do desenvolvimento é considerada um transtorno específico de aprendizagem de origem neurobiológica e caracterizada pela dificuldade no reconhecimento preciso e/ou fluente da palavra, na habilidade de decodificação e em soletração.
Essas dificuldades normalmente resultam de um déficit no componente fonológico da linguagem e podem ocorrer em qualquer idade, afetando outras habilidades cognitivas, segundo definição adotada pela Internacional Dislexia Associatio (IDA) e pelo National Institute of Child HealthHuman Development (NICHD).

Ler Anterior

Hospitais poderão ser obrigados a comunicar instituições sobre nascimento de bebês com Síndrome de Down

Leia em seguida

Semob busca parcerias para reforçar segurança nas estações de ônibus