Notícias de Última Hora :

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

Fonoaudióloga de Cuiabá alerta sobre limpeza de aparelhos auditivos no período de pandemia

O mundo é machista, mas quem mandam são elas

Gêmeos de Cuiabá são aprovados em três universidades federais

domingo, 25 de outubro de 2020

Mulher é encontrada degolada e espancada em praça de MT

Há a suspeita de que a jovem seria usuária de drogas

Uma jovem de 21 anos foi encontrada morta com sinais de crueldade no bairro Vila Nova, no município de Juruena (880 km a Noroeste), no último sábado.

A vítima foi degolada após ser espancada a pauladas.

Conforme o site Nortão Notícias, a jovem foi encontrada na Praça do Lago, um local com grande circulação de pessoas.

Ela estava bastante machucada e com o pescoço cortado.

Uma testemunha relatou aos policiais que a vítima foi vista no dia anterior sentada em um canto de uma lanchonete, com um comportamento estranho. Há a suspeita de que a jovem seria usuária de drogas.

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e Polícia Civil de Juína foram acionadas para examinar o local e apurar a motivação do crime.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

MPE quer que ex-adjunto e ex-servidor devolvam R$ 621 mil

Leia em seguida

Prefeito institui Alvará de Construção Automático em Cuiabá