Notícias de Última Hora :

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

Fonoaudióloga de Cuiabá alerta sobre limpeza de aparelhos auditivos no período de pandemia

O mundo é machista, mas quem mandam são elas

Gêmeos de Cuiabá são aprovados em três universidades federais

terça-feira, 20 de outubro de 2020

MDB admite suplência; ideia seria “amarrar” apoio a EmanuelMDB admite suplência; ideia seria “amarrar” apoio a Emanuel

Francisco Faiad disse que partido está conversando com várias siglas, mas sem predefinição

De olho em costurar apoios à possível candidatura do prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro à reeleição, o MDB admite ficar com a suplência numa chapa para a disputa ao Senado, na eleição que ocorrerá em Mato Grosso – provavelmente no dia 26 de abril.

Ao menos por ora, o partido não trabalha com a possibilidade de lançar um candidato. Já que isso, em tese, poderia dificultar a formalização de alianças visando à eleição municipal.

Oficialmente, o presidente do MDB em Cuiabá, Francisco Faiad, admite que as articulações para a disputa ao Senado também guardam relação com a eleição de outubro deste ano.

De todo modo, segundo ele, o prefeito sequer decidiu se sairá candidato à reeleição.

 

Faiad adiantou somente que, por enquanto, o partido mantém conversações com várias outras siglas, bem como pretensos candidatos a ocupar a vaga aberta em razão da cassação da senadora Selma Arruda (Podemos).

 

“O MDB está acompanhando a movimentação e ouvindo todo mundo. Vários partidos e possíveis candidatos já nos procuraram. Estamos ouvindo vários, mas sem qualquer predefinição”, disse o presidente ao MidiaNews.

 

“Por enquanto está descartado concorrer como cabeça de chapa. Temos interesse em suplências”, emendou ele, sem revelar que nomes estariam no radar do partido.

 

Segundo ele, qualquer definição em relação à possibilidade de indicar um suplente só ocorrerá depois de a sigla decidir que candidato apoiará.

 

“Tudo ainda está na base da conversa. Queremos apoiar um candidato que tenha propostas e condições de ajudar Mato Grosso. Mas é lógico que as eleições municipais também serão discutidas”, afirmou Faiad.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Motoristas reclamam de atraso salarial e param nesta 6ª em Cuiabá e VG

Leia em seguida

Flamengo dispensa cinco atletas sobreviventes da tragédia do Ninho