Notícias de Última Hora :

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

Membros da Academia Mato-grossense de Letras prestigiam lançamento de livro de estudante cuiabano

Pacu entra no cardápio de restaurante internacional

Grupo São Benedito retoma lançamento imobiliário com condomínio recorde de vendas

Pesquisa aponta vitória de Edemil Saldanha(DEM) em Santo Antônio do Leste-MT

Com ampliação de horário e final de ano chegando academias começam a ter mais procura em Cuiabá

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

quinta-feira, 16 de setembro de 2021

PMs de MT recebem R$ 130 de vale-alimentação

O governo estadual alterou um decreto de 2016 possibilitando que os policiais militares que atuam em unidades de ensino também passem a receber R$ 190 mensalmente para custear a alimentação. A publicação consta no Diário Oficial que circula nesta quinta-feira (16).

O valor não é pago diretamente aos policiais e sim às unidades de segurança. O mesmo valor será pago aos militares considerados aquartelados como, por exemplo, os militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope), que terão R$ 190 mensalmente para se alimentar.

Os demais policiais militares vão continuar recebendo R$ 130 mensalmente para custear a alimentação. Conforme o presidente da Associação de Cabos e Soldados de Mato Grosso (ACS-MT), Adão Martins, o mesmo valor é pago desde a criação do decreto, em 2016.

Na publicação desta quinta-feira, foi acrescentado um artigo que diz que cabe ao secretário estadual de Segurança Pública definir por meio de portaria quais são as unidades da Sesp e das instituições militares que são considerados militar aquartelado.

Ler Anterior

Mais de 500 lideranças indígenas participam de encontro no Xingu

Leia em seguida

Obra garantirá conforto no Fórum de Cuiabá