Notícias de Última Hora :

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

Fonoaudióloga de Cuiabá alerta sobre limpeza de aparelhos auditivos no período de pandemia

O mundo é machista, mas quem mandam são elas

Gêmeos de Cuiabá são aprovados em três universidades federais

quinta-feira, 29 de outubro de 2020

“Foi um ano desafiador. Fizemos enfrentamentos para consertar MT”

Mendes faz panorama sobre situação do Estado, diz como vai se comportar nas eleições

O governador Mauro Mendes (DEM) inicia o segundo ano de seu mandato apostando que medidas duras tomadas em 2019 – que ele classifica como “necessárias” – tragam o efeito esperado para o cidadão.

 

Depois de alterar o Fethab (Fundo Estadual de Transporte e Habitação), reduzir incentivos fiscais do comércio e aprovar um aumento na alíquota previdenciária do servidor, o que despertou insatisfação em vários setores, Mendes diz que fez a lição de casa. E que em 2020 o Governo vai desempenhar outro papel em Mato Grosso, apesar de não descartar novas medidas.

 

“Eu não tenho dúvida que o Governo de Mato Grosso vai ser um indutor do desenvolvimento e do crescimento do Estado”, disse em entrevista concedida nesta semana em seu gabinete.

 

De olho na eleição em Cuiabá, onde pretende eleger o prefeito, Mendes não poupou críticas à gestão de Emanuel Pinheiro (MDB).

 

Para o democrata, o prefeito está endividando e levando o Município no sentido contrário ao do Estado. Enquanto, segundo ele, o Governo vem consertando suas contas, a Prefeitura vem piorando sua situação fiscal. “Me preocupa, como cuiabano, como governador, como cidadão que vive nesta cidade. Porque é uma cidade endividada, quebrada e em pouco tempo teremos um caos”, afirmou.

Mauro Mendes – Foi um ano desafiador. Um ano que tínhamos a clareza da difícil situação na qual Mato Grosso estava e na trajetória ruim que percorreu ao longo de 2018. Nós fizemos vários enfrentamentos necessários ao longo do ano de 2019 e chegamos ao final do ano cumprindo, a meu ver, muito bem o papel que nos propusemos a fazer: consertar o Estado de Mato Grosso, criando uma nova trajetória e uma nova perspectiva.

 

MidiaNews – Está satisfeito com o que conseguiu entregar nesse primeiro ano de gestão?

 

Mauro Mendes – Diante da realidade que tínhamos, das dificuldades que encontramos ao começar o ano, diria que o ano de 2019 foi muito bom para Mato Grosso. Chegamos ao final do ano com a situação financeira e fiscal muito melhor do que quando iniciamos. Além de conseguir consertar o caixa do Estado, já conseguimos, também, entregar muitos resultados na ponta para toda a sociedade em quase todas as áreas. Muitas obras na Infraestrutura foram reiniciadas, algumas concluídas.

 

Obras que estavam paralisadas há anos foram retomadas. Criamos vários projetos para que em 2020 e nós próximos anos possamos melhorar ainda mais a entrega nessa área tão sensível como é a infraestrutura. A Saúde voltou a funcionar no Estado. Obras nas escolas foram retomadas. Em todas as áreas registramos melhorias sensíveis por conta da atuação do Governo.

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

“Agi por instinto, sem pensar”, diz motociclista que evitou suicídio

Leia em seguida

Duas mulheres são mortas a pauladas e enterradas em quintal