Notícias de Última Hora :

Com volta às aulas permitidas, escola de Cuiabá promove visita guiada com alunos do infantil

Após pandemia, professor aposta em pousada sustentável em Cáceres

Aumento de 35% para 40% do desconto em folha e taxas menores beneficiam aposentados e pensionistas do INSS

MDB lança Léo Bortolin à reeleição em Primavera do Leste

Fonoaudióloga alerta sobre perda da audição em crianças

Cresce em Cuiabá a procura por eletroestimulação para pacientes recuperados da Covid-19

Advogado, com orgulho! (Giroldo Filho)

Para facilitar a comunicação, empresa cuiabana doará máscaras transparentes para famílias de pessoas com perda auditiva

Por erro de cálculo, empresários pagam mais impostos do que deveriam, alerta professora da UFMT

Projeto do Deputado Estadual Thiago Silva cria a medalha Pastor Sebastião Rodrigues de Souza

Estudante de Cuiabá participa de live para arrecadar fundos para combater covid 19

Estado atende deputado Thiago e entrega 2 ambulâncias para Rondonópolis

Perda auditiva não tratada gera mais gastos com a saúde, diz pesquisa

Empresa de aparelhos auditivos faz atendimento humanizado a pacientes

Um baile de máscaras em meio à pandemia

Empresa de aparelhos auditivos atende pacientes em domicílio durante pandemia

Alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo podem acompanhar aulas pela internet

Fonoaudióloga de Cuiabá alerta sobre limpeza de aparelhos auditivos no período de pandemia

O mundo é machista, mas quem mandam são elas

Gêmeos de Cuiabá são aprovados em três universidades federais

domingo, 25 de outubro de 2020

OAB defende ressocialização do goleiro Bruno

Em nota, a Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT), reitera seu repúdio a todo e qualquer ato de violência, especialmente de violência contra as mulheres, atos bárbaros e torpes, porém, o presidente da OAB, Leonardo Campos, diz que o não incentivo a reinserção do goleiro Bruno Fernandes à sociedade “faz a luta legítima das mulheres ficar segmentada e com um olhar apenas por um lado da questão”.

“Com todas as venias aos que pensam em sentido contrário, mas a luta das mulheres deveria ser pela investigação, condenação e cumprimento da pena. Isso ocorreu”, afirmou o presidente da OAB-MT.

Segundo Leonardo Campos, a luta das mulheres, em repúdio a contratação do goleiro Bruno no Operário de Mato Grosso, passa a ser de um grupo e não da sociedade como um todo.

Nesta terça-feira (21), ás 19h, um grupo de mulheres realiza uma manifestação, na Arena Pantanal em Cuiabá, contra a vinda do goleiro Bruno para o Operário de Várzea Grande com a rechetegue #BrunoNão.

Entenda o caso

Bruno foi condenado pela morte da ex-namorada e mãe de seu filho, Eliza Samudio. O crime aconteceu em 2010. O goleiro mora no interior de Minas Gerais e já teve recomendação do Ministério Público daquele estado para que a Justiça autorize sua vinda, já que ele ainda está em regime semiaberto.

Segue a nota da OAB-MT

Sobre o caso Bruno:

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) reitera seu repúdio a todo e qualquer ato de violência, especialmente de violência contra as mulheres, atos bárbaros e torpes.

Por meio de suas comissões temáticas e na qualidade de representante sociedade civil organizada, a Ordem se mantem vigilante e à disposição da população para cumprir seu dever de zelar pela Constituição, pelos direitos sociais e pelo Estado Democrático de Direito.

Assim, a OAB-MT também reitera seu posicionamento em defesa da ressocialização e da reinserção no mercado de trabalho, tendo em vista que este é o objetivo maior do sistema penal brasileiro insculpido no texto constitucional e na Lei Execução de Penal.

Contudo, além do sistema judicial, cada cidadão e cidadã também está submetido ao sistema social, no qual não cabe às instituições julgamentos morais, sendo de responsabilidade de cada um arcar com as consequências dos seus atos na esfera onde vivem, seja pessoal ou profissional.

Diante dos fatos recentes envolvendo a contratação de um atleta por um clube de futebol de Mato Grosso, a Comissão de Direito da Mulher da OAB-MT continua seu trabalho e compromisso de zelar pelos direitos das mulheres.  

Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) Comissão de Direito da Mulher/ OAB-MT

0 Reviews

Write a Review

Ler Anterior

Luthero Lopes está liberado para o Campeonato Mato-grossense

Leia em seguida

Misael afirma que Câmara vai escolher em consenso candidato ao Senado