Notícias de Última Hora :

Atleta olímpico participa de jogo de fuga em Cuiabá

Dia do fonoaudiólogo: entenda a importância desse profissional no ambiente hospitalar

Profissionalismo e dedicação marcam 20 anos de profissão da fonoaudióloga Samia Ribeiro

Chapa 2 Integração protocola pedido para que profissionais da contabilidade tenham férias fiscais em MT

Adrenalina, desafios e diversão te esperam no Halloween da Escape60, em Cuiabá

Encontro automobilístico “Esperienza” supermáquinas entra para o calendário de eventos em Mato Grosso

Experiência única de recreação e entretenimento: Conheça o Escape60′

Fotógrafo vem a MT para ensaios que levantam autoestima de mulheres

Aparelho auditivo com “modo máscara” é alternativa que possibilita a comunicação com a proteção facial

Professora da UFMT recebe moção de aplausos em homenagem ao Dia do Contador

Escape 60′ oferece desconto para confraternização corporativa de fim de ano

Jogo de fuga cercado de desafios, mistérios e adrenalina: conheça o Escape60′

Feira gratuita ajuda jovens a cursarem faculdades fora do país

Municípios precisam de representatividade na Assembleia Legislativa

Dia do Estudante tem programação especial em escola de Cuiabá

Justiça reconhece que concessionária não é responsável solidária em processo de indenização por defeito de carro

SINDSPEN cobra vacinação urgente para policiais penais e servidores do sistema penitenciário

Prefeito Léo Bortolin toma posse na diretoria do consórcio nacional de compras de vacinas contra a covid

Policiais Penais protestam contra a Pec-32 em todo o Estado

Prefeito de Primavera do Leste e Secretário de Cultura de MT se solidarizam com classe artística e articulam prorrogação da Lei Aldir Blanc

sexta-feira, 21 de janeiro de 2022

Governador determina fiscalização de postos

Intenção de Mendes é verificar possíveis abusos no aumento de preço

Diante da polêmica envolvendo o aumento expressivo no preço do etanol nos postos de combustíveis, o governador Mauro Mendes (DEM) determinou que o Procon Estadual realize uma fiscalização especifica no setor, a qual deverá abranger tanto as distribuidores como as revendedoras.

A intenção é verificar possíveis abusos no aumento do preço do etanol nas bombas. “Nós vamos fiscalizar os postos e as distribuidores. O PROCON tem o dever de fiscalizador todos, o dever de defender o consumidor. Nos já estamos pedindo ao PROCON que cumpra a sua obrigação para verificar se esta tendo algum abuso de algum setor ou de algum empresário”, garantiu o democrata.

A medida é fruto de um “embate” entre o setor e o Governo do Estado devido ao aumento na alíquota do ICMS do etanol em Mato Grosso, que no final do ano passado passou de 10,5% pra 12,5%.

Esta elevação se deve a redução da renúncia fiscal de 25% para 12% realizada pelo Estado por meio do projeto de lei que garantiu a revisão de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Executivo.

O aumento de 2% do ICMS sobre o etanol, conforme o governador, representa o valor de apenas R$ 0,06 na bomba de combustível para o consumidor.

“Então, no ano passado o etanol estava na faixa de R$2.80, R$2.90, e agora esta na faixa de R$3.20, R$3,30. A mudança que o Governo fez poderia aumentar no máximo 5%, ou seja, R$ 0,6. Se aumentou mais que isso, é um problema que os postos e o setor têm que explicar para a sociedade, não tem nada a ver com o Governo. Então, é uma mentira quando culpam o Governo por esse aumento”, defendeu.

Para o chefe do Executivo Estadual, alguns empresários querem obter lucro em cima da medida adotada pelo Governo. “Estão faltando com a verdade, fazendo jogo de palavras, e em alguns casos mentindo para a população. Alguns desses setores que foram beneficiados com esses privilégios fiscais ficam utilizando de artimanhas para tentar enganar a população”, enfatizo.

Para esclarecer a situação, Mendes irá realizar nesta quinta-feira, dia 6, uma grande audiência pública no Palácio Paiaguás. Na verdade, estão faltando com a verdade, fazendo jogo de palavras, e em alguns casos mentindo para a população.

“Fizemos um chamamento público para na quinta-feira (06), as associações, sindicados e federações que representam o setor participem de uma audiência pública aberta a quem quiser ver, onde o Governo irá mostrar os números: quanto que custava o etanol, quanto que aumentou de imposto, e explicar publicamente porque o etanol subiu tanto em Mato Grosso. Aí, vamos ver se a culpa vai ficar com o Governo ou com alguns que aumentaram a margem de lucro”, finalizou.

Ler Anterior

Justiça proíbe Energisa de cortar luz de associação em MT por conta de R$ 98 mil em um mês

Leia em seguida

Ex-prefeito de Poconé faz acusações sem provas contra interventora